Por que os homens preferem as mulheres mais velhas?

A atriz Susan Sarandon, perto de fazer 70 anos, namorou durante cinco anos Jonathan Bricklin, 31 a menos do que ela

A atriz Susan Sarandon, 69, teve como companheiro durante cinco anos Jonathan Bricklin, 31 a menos do que ela

Maya Santana, 50emais

Este artigo da antropóloga Mirian Goldenberg é sobre seu mais recente livro, “Por que os homens preferem as mulheres mais velhas?”, lançado faz poucos meses. E fala de um assunto que já tratamos muito aqui no 50emais: o homem quase sempre prefere para si uma mulher mais jovem do que ele, enquanto a mulher age de maneira contrária, ao buscar homens mais velhos do que ela. Para elaborar o livro, a antropóloga entrevistou 52 homens e mulheres, em casamentos de mais de dez anos, em que eles eram no mínimo dez anos mais novos do que elas. E veja o que ela constatou: “Os homens afirmaram que as esposas são superiores às demais mulheres, especialmente as mais jovens. Além de mais maduras e interessantes, elas são mais compreensivas, carinhosas, divertidas etc.” A autora conclui que “de todos os tipos de casamento que estudei nos últimos trinta anos, o que parece ser mais equilibrado é aquele em que a mulher é mais velha do que o marido.”

Leia:

Por que determinados homens preferem as mulheres mais velhas? Por que algumas mulheres se casam com homens mais jovens?

O título do meu novo livro “Por que os homens preferem as mulheres mais velhas?” é, obviamente, uma provocação.

Seria mais correto perguntar: Por que alguns (poucos) homens se casam com mulheres mais velhas?

É fácil constatar que a grande maioria dos homens prefere esposas mais jovens. E que a maioria das mulheres procura um marido que seja “superior”: mais velho, mais alto, mais forte, mais rico, mais poderoso, mais bem-sucedido. Esta é a lógica que assegura a superioridade masculina nos relacionamentos afetivos e sexuais.

No entanto, apesar de enfrentarem inúmeros preconceitos e obstáculos, alguns homens e mulheres conseguem escapar da lógica da dominação masculina, invertendo as escolhas amorosas e sexuais consideradas socialmente mais legítimas.

Muito antes de conhecer o caso Macron-Brigitte, entrevistei 52 homens e mulheres, em casamentos de mais de dez anos, em que eles eram no mínimo dez anos mais novos do que elas. Os homens afirmaram que as esposas são superiores às demais mulheres, especialmente as mais jovens. Além de mais maduras e interessantes, elas são mais compreensivas, carinhosas, divertidas etc.

Não é minha intenção fazer uma apologia deste tipo de arranjo conjugal. Mas é impossível não reconhecer que, de todos os tipos de casamento que estudei nos últimos trinta anos, o que parece ser mais equilibrado é aquele em que a mulher é mais velha do que o marido.

Leia também de Mirian Goldenberg:
Me deixa ficar velha
Envelhecer é libertador

Somente nestes casamentos percebi um equilíbrio que, se não evita, ao menos minimiza os jogos de dominação, os conflitos e as disputas presentes em casamentos considerados mais “normais”.

Compartilhe este postShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Um comentário

  1. Artigo bem interessante e tenho notado que nos sites de relationamento, muitos homems escolhem mulheres mais velhas de proposito..
    Quando se pergunta porque, dizem que preferem mulheres mais velhas por serem mais equilibradas e, afinal, a idade e so um numero..!!
    Frequentemente e dificil de convence los do contrario, pois são bastante insistentes… e alguns ate colocam nos seus perfis que não querem nenhuma mulher abaixo dos 50..

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*