As melhores pequenas cidades brasileiras para se envelhecer

São João da Boa Vista, no estado de São Paulo, é a melhor de todas as pequenas cidades brasileiras

São João da Boa Vista, no estado de São Paulo, conhecida pelos belos crepúsculos, é a melhor de todas as pequenas cidades brasileiras

Maya Santana, 50emais

Quando vi esta lista, conversei com minha amiga, jornalista Rachel Mattos, nascida em Nova Lima, localidade mineira perto de Belo Horizonte que ficou no 42º lugar entre as cidades pequenas do Brasil onde a pessoa que passou dos 60 anos encontra boa qualidade de vida. Rachel confirmou que Nova Lima tem ótima estrutura na área de saúde, o custo de vida é mais barato, não é violenta, enfim, um lugar muito bom para se viver com tranquilidade. Pena que eu não possa dizer o mesmo de Santa Luzia, cidade onde nasci e mora a minha família. Embora tenha mais de 200 mil habitantes, não tem sequer hospital. Vive abandonada. Esta lista das localidades pequenas convidativas para se morar reúne 50 lugares. O melhor de todos é São João da Boa Vista, no estado de São Paulo. Aliás, boa parte das boas cidades fica em SP.

Dê uma olhada na lista, publicada no blog de Maria da Luz Miranda, de O Globo:

Esqueça São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro ou Brasília. As metrópoles podem oferecer boas alternativas, mas o melhor lugar para envelhecer pode ter menos gente e menos extensão territorial. Segundo o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade, quem tem mais de 60 anos pode rumar para cidades pequenas que, lá, a qualidade de vida está garantida.

Elaborado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon em parceria com a FGV, o Índice verifica as atuais condições de 498 cidades brasileiras e faz a classificação de acordo com sete variáveis: Cuidados de Saúde; Bem-Estar; Finanças; Habitação; Educação e Trabalho; Cultura e Engajamento; e Indicadores Gerais. Cada variável tem o peso estabelecido com base nas principais necessidades da população dessa faixa etária.

Nova Lima, perto de BH, ocupa o 42º na lista das melhores

Nova Lima, perto de BH, ocupa o 42º na lista das melhores

Entre os 348 municípios brasileiros que têm entre 50 mil e 100 mil habitantes, ao menos 50 oferecem condições suficientes para figurar entre as boas opções longe das grandes cidades.

Confira a lista, por cidade e nota, das 50 cidades mais pontuadas no ranking:

1. São João da Boa Vista, SP / 99.82
2. Vinhedo, SP / 99.49
3. Lins, SP / 96.61
4. Fernandópolis, SP / 95.70
5. Tupã, SP / 94.78
6. Votuporanga, SP / 93.92
7. Lajeado, RS / 92.69
8. Itapira, SP / 92.21
9. Rio do Sul, SC / 92.15
10. Bebedouro, SP / 91.11
11. Pato Branco, PR / 89.87
12. Jaboticabal, SP / 89.13
13. São José do Rio Pardo, SP / 89.05
14. Paulínia, SP / 89.01
15. Olímpia, SP / 88.82
16. Videira, SC / 88.49
17. Jaguariúna, SP / 88.08
18. Mogi Mirim, SP / 87.96
19. Batatais, SP / 87.37
20. Avaré, SP / 87.01
21. Matão, SP / 86.96
22. Capivari, SP / 86.61
23. Lavras, MG / 85.22
24. Pirassununga, SP / 84.47
25. Mirassol, SP / 84.28
26. Taquaritinga, SP / 83.95
27. Marechal Cândido Rondon, PR / 83.75
28. Concórdia, SC / 83.50
29. Alfenas, MG / 83.47
30. São Roque, SP / 83.25
31. Cruzeiro, SP / 83.24
32. Ijuí, RS / 82.90
33. Esteio, RS / 82.67
34. Ibitinga, SP / 82.48
35. Montenegro, RS / 82.02
36. Itajubá, MG / 81.09
37. Francisco Beltrão, PR / 80.83
38. Cianorte, PR / 80.80
39. Andradina, SP / 80.74
40. Farroupilha, RS / 80.72
41. Itumbiara, GO / 80.46
42. Nova Lima, MG / 42 80.29
43. Campos do Jordão, SP / 80.20
44. Nova Odessa, SP / 79.93
45. Mococa, SP / 79.57
46. Santo Ângelo, RS / 79.32
47. Porto Ferreira, SP / 79.29
48. Cruz Alta, RS / 79.24
49. União da Vitória, PR / 78.79
50. Catalão, GO / 78.57

Compartilhe este postShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Um comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*