Comércio pela internet : falta atender a 3ª idade

Uma parcela considerável da população ainda é ignorada pelas empresas

Uma parcela considerável da população ainda ignorada pelas empresas

Este artigo de Vinicius Pessin, postado no site ecommercebrasil.com.br, é dirigido, na verdade, a empresas que, como vários outros setores da sociedade, ainda não se deram conta que a população brasileira está envelhecendo rapidamente – em 2050, quase um terço das pessoas terá 60 anos ou mais. Com isso, deixam de oferecer produtos e serviços para os que estão nessa faixa etária – uma parcela considerável dos habitantes do país.

Leia o artigo:

A imagem de idosos que estão desatualizados e não entendem nada de tecnologia não poderia estar mais ultrapassada. Afinal, os dados já demonstram que 66% deles usam atualmente e frequentemente a internet. Os dados foram divulgados ainda em 2015 e têm origem em uma pesquisa realizada pelo E-commerce Brasil. Os números surpreendem ainda mais: na faixa dos 60 anos, 97% deles já possuem celulares e apenas 2% não sabem usar a internet.

Quem ainda não se preparou para atender essa faixa etária deve correr. Diversos e-commerces já apostam em estratégias para conquistar esse público, que promete crescer ainda mais. Em 2014, esses consumidores já ultrapassavam 7% do total de internautas brasileiros.

O foco fica por conta de sites que fornecem serviços, como pesquisas de viagens, pagamentos, compras e notícias online. Diversas páginas, entretanto, oferecem poucas ofertas direcionadas a esses clientes ou possuem perfis que não agradam ou abrangem esse tipo de internauta.

Muitos dos problemas se relacionam diretamente com a organização do site. Em geral confusos e com problemas na visualização e busca, eles perdem grandes propostas de negócios justamente por não aprimorar esse setor. Para isso, é importantíssimo ter uma boa plataforma que contemple uma variedade maior no design e no próprio planejamento da página.

Categorias claras, busca simples e funcional, design atrativo e opções como tamanho de fonte e visualização dos produtos são exemplos de focos a serem trabalhados. O desenvolvimento de uma boa loja virtual garante o sucesso nas vendas e na captação desse mercado em franca expansão. A confiança e o atendimento também devem ser desenvolvidos, já que são fatores importantes para esse nicho.

Atualmente, 45% das pessoas da terceira idade compram em ambientes virtuais. O hábito já é difundido entre 26% deles, que usam esses serviços com frequência, ainda segundo a mesma pesquisa. Nos Estados Unidos, a tendência é evidenciada com ainda mais clareza. A faixa etária dos 56 a 66 anos era a geração que mais gastava com mercadorias em comércio eletrônico em 2011, segundo um relatório apresentado pela Forrester Research. Portanto, este é o momento ideal de focar nesse público para obter grandes resultados!

5 comentários

  1. maria andrade da silva oliveira

    eu nao vivo mais cem Internete

  2. Muito bom seu artigo.
    Obrigada pela dica, vou reconsiderar isso nos materiais que estou criando para a internet.

  3. Muito bom….. Post nota 10 meus parabéns….

  4. Gente que coisa mais linda!

    Amei o post, amei o blog!

    Parabéns!

    FELIZ ANO DE 2017

    Bjos

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*