Como se proteger das doenças que chegam com o inverno

Além da gripe, há várias doenças que se agravam com a estação fria

Maya Santana, 50emais

Um texto muito bom do portal G1 sobre os cuidados que todos nós que já passamos dos 50 anos temos que tomar para driblar as doenças que chegam com o inverno. A gripe é a principal delas. Mas há muitas outras. Eu não sabia, por exemplo, que no inverno,” o número de infartos cresce, em média, 30%. Os de AVC crescem 20%.” Por isso, é, preciso estar atento, especialmente neste ano, pois as previsões são de temperaturas muito baixas, um inverno rigoroso.

Leia:

Como enfrentar o inverno com saúde? Os infartos são mais comuns nesta época do ano, como explicou o cardiologista e consultor Roberto Kalil ao portal G1. Tremer, perder a sensibilidade é normal? A clínica geral Dulce Brito também falar sobre o assunto.

Algumas doenças se agravam no clima seco e frio, como gripes, resfriados, dor de ouvido, asma, pneumonia, bronquite, rinite e sinusite. Por isso, os médicos explicam que é importante arejar sempre a casa, pois o sol e o ar evitam que vírus e bactérias se proliferem. Para quem tem problemas respiratórios, é essencial manter as roupas de cama limpas, retirar o pó da mobília e limpar o chão com pano úmido.

Durante o inverno, o número de infartos cresce, em média 30%. Os de AVC crescem 20%. Isso acontece porque o organismo faz de tudo para manter o calor interno do corpo. Assim, quando as terminações nervosas da pele se ressentem com o frio, o nosso metabolismo se prepara para evitar a perda de calor para proteger o funcionamento de órgãos vitais internos. Isso faz com que as paredes dos vasos sanguíneos que irrigam a pele se contraiam e o coração precisa fazer mais força para bombear o sangue.

Idosos, hipertensos, diabéticos, obesos, fumantes e sedentários precisam redobrar os cuidados no inverno. E mesmo quem não pertence a esses grupos deve evitar a exposição prolongada ao frio intenso e o choque térmico causado pelas quedas bruscas de temperatura.

Entre os cuidados nesta época do ano estão: beber muito líquido, tomar vacinas para evitar doenças de inverno, evitar banhos com água muito quente, evitar exposição prolongada a ambientes com ar condicionado quente ou frio. Para uma boa noite de sono, durma em local arejado e umedecido.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*