Homens e mulheres contam como é sua vida sexual depois dos 55

O livro está disponível apenas na versão on-line e custa 12 reais

Maya Santana, 50emais

Um livro sobre sexo depois dos 55 anos. Uma raridade, já que o assunto até hoje é um verdadeiro tabu aqui no Brasil. A jornalista Tânia Celidônio, 64, furou o cerco ao tema e está lançando Os mistérios da Libido na Velhice, com depoimentos de pessoas nessa faixa etária sobre suas vidas, quando se trata de sexo. Tânia, com uma filha adulta, explica o que tinha em mente quando pensou em escrever o livro: Eu pretendia comparar as lembranças e vivências sexuais da minha geração, que foi jovem entre os anos 1970 e 1980, com o processo atual de envelhecimento.”

Num país tão marcado pelo moralismo como o nosso, a autora achou por bem que todos os 250 depoimentos de homens e mulheres fossem anônimos, as pessoas não se identificam. “Para que as respostas fossem espontâneas e sem censura na medida do possível, o anonimato era fundamental” – diz ela

Tania Celidonio, 64, é jornalista

A partir de uma pesquisa, com 13 perguntas ligadas às relações afetivas e sexuais do passado e do presente de cada um dos participantes, ela colheu depoimentos “espontâneos, criativos, contundentes, entusiasmados, pessimistas, angustiados, otimistas, nostálgicos, lacônicos, bem-humorados, ressentidos.” De acordo com a autora, estes depoimentos constituem “uma teia de sentimentos que impressionam pela sinceridade e riqueza de detalhes.”

O livro chega em boa hora. Embora seja visível o envelhecimento da população – o IBGE acaba de informar que o Brasil tem hoje cerca de 30 milhões de habitantes com idade igual ou superior aos 60 anos -, sexo a partir de uma certa idade tornou-se um daqueles assuntos que não devem ser mencionados. Ainda prevalece a crença que, à medida que o tempo avança, a mulher, principalmente, perde seu apetite sexual. O que é uma absoluta inverdade, Pura invenção de quem não conhece a realidade. Tenho encontrado mulheres de 70 ou mais reclamando que não encontram parceiros. Mulheres sexualmente ativas.

“Os mistérios da Libido na Velhice”, segundo a autora, “é uma pequena contribuição. Uma tentativa de tirar a velhice da invisibilidade e das sombras para discutir o sexo praticado e vivido por quem já entrou ou está quase lá, no inverno da vida. “

Mais informações sobre “Os mistérios da Libido na Velhice” no facebook.com/taniacelidonio e no site da Amazon: https://www.amazon.com.br/dp/B07C889G9N

2 comentários

  1. Tenho 65 anos e tenho uma vida sexual muito boa com meu parceiro.

  2. Tenho 51anos e estou no meu melhor momento sexual.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*