Kevin Spacey: assédio sexual leva astro de Hollywood à desgraça

Anthony Rapp (esquerda) foi o primeiro a denunciar: Kevin Spacey o assediou sexualmente, em 1986, quando tinha 14 anos e o protagonista de House of Cards, 26

Maya Santana, 50emais

Impressionante a queda vertiginosa de um dos atores mais respeitados e bem pagos de Hollywood. Kevin Spacey, 58, estrela do seriado House of Cards (ganhava mais de 500 mil dólares por episódio), no qual faz o papel do político despudorado (pleonasmo?) Franck Underwood, caiu em desgraça depois da primeira denúncia de assédio sexual, feita por um ator, que o acusou de molestá-lo quando tinha 14 anos e Spacey, 26. Depois disso, outras acusações vieram e o grande ator ficou sem saída. Por causa do escândalo, a Netflix já anunciou a suspensão da sexta temporada de House of Cards. É a segunda figura poderosa da indústria do cinema americano que vai ao chão em pouco tempo: o primeiro foi o super produtor Harvey Weinstein, 65, um contumaz abusador de mulheres. Tanto Weinstein quanto Spacey desapareceram, depois de mandarem dizer que estavam indo se tratar. Muito triste, para dizer o mínimo, que uma carreira tão brilhante como a de Kevin Spacey termine assim, expondo o astro a tamanha humilhação.

Leia a excelente reportagem de Beatriz Diez para a BBC Brasil – A vertiginosa queda de Kevin Spacey, de grande estrela de Hollywood a ‘assediador sexual’:

Em menos de 72 horas, o ator Kevin Spacey passou de um dos atores mais respeitados do mundo do cinema, teatro e televisão a pivô de acusações de assédio sexual, com a carreira em frangalhos e pedindo um tempo para se tratar.

Após a primeira acusação, divulgada no domingo, de que teria abordado de forma indevida um ator adolescente há mais de 30 anos, ele revelou ser gay – e foi duramente criticado por ativistas LGBT, por ter, supostamente, usado sua sexualidade como “cortina de fumaça” para tirar a atenção das alegações de assédio.

A exemplo do que aconteceu com o produtor de cinema Harvey Weinstein, seguiram-se novas acusações contra o ator, que ganhou dois Oscars – e é bastante conhecido pelo papel de Frank Underwood na série House of Cards.

“Kevin Spacey vai tirar o tempo necessário para buscar diagnóstico e tratamento”, informou um representante do ator à revista Variety.

Abaixo, a BBC revisita a trajetória do aclamado ator e elenca as alegações contra ele.

Rápida sucessão de eventos
No domingo, o site Buzzfeed divulgou as declarações do ator Anthony Rapp, que afirmou ter sido assediado por Spacey em 1986 quando tinha 14 anos. Na ocasião, Spacey tinha 26 anos.

Desde a revelação dos detalhes de como foi abordado por Spacey (“ele me carregou no colo como um noivo carrega a noiva…então, se deitou em cima de mim”), houve uma rápida sucessão de eventos. No mesmo dia, Spacey pediu desculpas e assumiu ser homossexual.

Em seguida, vieram as críticas de grupos LGBT – e novas denúncias de assédio, como as do ator mexicano Roberto Cavazos e do cineasta Tony Montana.

Na terça-feira, o provedor global de filmes Netflix anunciou que suspendera as filmagens da sexta temporada de House of Cards.

E na quarta, Spacey, hoje com 58 anos, anunciou que estava saindo de cena para se tratar.

As alegações continuam. Segunda a rede TV norte-americana CNN, vários integrantes homens da equipe de House of Cards reclamaram do ambiente “tóxico” no set por causa do comportamento de Spacey, marcado por assédio e outros abusos. Clique aqui para ler mais.

Um comentário

  1. Li que “todos sabiam dos assédios” tanto dele como de “outros de montão” Por que não denunciam assim que acontecem os assédios?? Há uma enorme troca de interesses nesse meio artístico e agora que muitos já estão com suas carreiras firmes, famosos e ricos, resolveram denunciar. Sinceramente, não sei quem é o mais podre.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*