“Não queira ser jovem novamente, você já foi”

 Há consequências desastrosas quando se busca a mocidade eterna

Há consequências desastrosas quando se busca a mocidade eterna

Este texto do professor José Inácio Pachecão fala do envelhecer, das mazelas e benesses dessa última etapa da existência. E dá muito o que pensar. É uma exortação para que envelheçamos com tranquilidade. Para que aceitemos que o envelhecer é um outro ciclo da vida e só assim deve ser encarado.

Leia:

Estamos envelhecendo. Não nos preocupemos! De que adianta, é assim mesmo. Isso é um processo natural. É uma lei do Universo conhecida como a 2ª Lei da Termodinâmica ou Lei da Entropia. Essa lei diz que: “A energia de um corpo tende a se degenerar e com isso a desordem do sistema aumenta”. Portanto, tudo que foi composto será decomposto, tudo que foi construído será destruído, tudo foi feito para acabar. Como fazemos parte do universo, essa lei também opera em nós.

Com o tempo, os membros se enfraquecem, os sentidos se embotam. Sendo assim, relaxe e aproveite. Parafraseando Freud: “A morte é o alvo de tudo que vive”. Se você deixar o seu carro no alto de uma montanha, daqui a 10 anos ele estará todo carcomido. O mesmo acontece a nós. O conselho é: Viva. Faça apenas isso. Preocupe-se com um dia de cada vez. Como disse um dos meus amigos a sua esposa: “me use, estou acabando!”. Hilário, porém realista.

Ficar velho e cheio de rugas é natural. Não queira ser jovem novamente, você já foi. Pare de evocar lembranças de romances mortos, vai se ferir com a dor que a si próprio inflige. Já viveu essa fase, reconcilie-se com a sua situação e permita que o passado se torne passado. Esse é o pré-requisito da felicidade. “O passado é lenha calcinada. O futuro é o tempo que nos resta: finito, porém incerto” como já dizia Cícero.

Abra a mão daquela beleza exuberante, da memória infalível, da ausência da barriguinha, da vasta cabeleira e do alto desempenho, pra não se tornar caricatura de si mesmo. Fazendo isso ganhará qualidade de vida. Querer reconquistar esse passado seria um retrocesso e o preço a ser pago será muito elevado. Serão muitas plásticas, muitos riscos e mesmo assim você verá que não ficou como outrora. A flor da idade ficou no pó da estrada. Então, para que se preocupar?! Guarda os bisturis e toca a vida.

Você sabe quem enche os consultórios dos cirurgiões plásticos? Os bonitos. Você nunca me verá por lá. Para o bonito, cada ruga que aparece é uma tragédia, para o feio ela é até bem vinda, quem sabe pode melhorar, ele ainda alimenta uma esperança. Os feios são mais felizes, mais despreocupados com a beleza, na verdade ela nunca lhes fez falta, utilizaram-se de outros atributos e recursos. Inclusive tem uns que melhoram na medida em que envelhecem. Para que se preocupar com as rugas, você demorou tanto para tê-las! Suas memórias estão salvas nelas. Não seja obcecado pelas aparências, livre-se das coisas superficiais. O negócio é zombar do corpo disforme e dos membros enfraquecidos.

Essa resistência em aceitar as leis da natureza acaba espalhando sofrimento por todos os cantos. Advêm consequências desastrosas quando se busca a mocidade eterna, as infinitas paixões, os prazeres sutis e secretos, as loucas alegrias e os desenfreados prazeres. Isso se transforma numa dor que você não tem como aliviar e condena à ruína sua própria alma. Discreto, sem barulho ou alarde, aceite as imposições da natureza e viva a sua fase. Sofrer é tentar resgatar algo que deveria ter vivido e não viveu. Se não viveu na fase devida, o melhor a fazer é esquecer.

A causa do sofrimento está no apego, está em querer que dure o que não foi feito para durar. É viver uma fase que não é mais sua. Tente controlar essas emoções destrutivas e os impulsos mais sombrios. Isso pode sufocar a vida e esvaziá-la de sentido. Não dê ouvidos a isso, temos a tentação de enfrentar crises sem o menor fundamento. Sua mente estará sempre em conflito se ela se sentir insegura. A vida é o que importa. Concentre-se nisso. A sabedoria consiste em aceitar nossos limites.

Você não tem de experimentar todas as coisas, passar por todas as estradas e conhecer todas as cidades. Isso é loucura, é exagero. Faça o que pode ser feito com o que está disponível. Quer um conselho? Esqueça. Para o seu bem, esqueça o que passou. Tem tantas coisas interessantes para se viver na fase em que está. Coisas do passado não te pertencem mais. Se você tem esposa e filhos, experimente vivenciar algo que ainda não viveram juntos, faça a festa, celebre a vida, agora você tem mais tempo, aproveite essa disponibilidade e desfrute. Aceitando ou não, o processo vai continuar. Assuma viver com dignidade e nobreza a partir de agora. Nada nos pertence.

Tive um aluno com 60 anos de idade que nunca havia saído de Belo Horizonte. Não posso dizer que, pelo fato de conhecer grande parte do Brasil, sou mais feliz que ele. Muito pelo contrário, parecia exatamente o oposto. O que importa é o que está dentro de nós, a velha máxima continua atual como nunca: “quem tem muito dentro precisa ter pouco fora”. Esse é o segredo de uma boa vida.

206 comentários

    • Rosangela De Souza silva

      Adorei esse texto ele veio de encontro com minha opinião, desde de jovem eu admirava as pessoas idosas, agente não via falar em cirurgia plástica , nem reclamarem da velhice,eu observava muito obrigado as pessoas idosas e via nelas muita sabedoria, muita paz interior, muita luz interior, não se falava em tanta vaidade como hoje era tudo muito natural, muito verdadeiro. Hoje tenho 56 anos e vejo que as pessoas de 56 anos hoje não tem a naturalidade que tinham as pessoas idosas do passado, a vaidade no ser humano está tão grande que está modificando o nosso interior, estamos indo até mesmo contra a natureza, esquecendo que fomos criados pra eternidade mas o corpo é perecível, não adianta lutar contra a natureza, que bom que temos 50,60,80,90,isto significa que estamos aqui na terra ainda, vendo nossos netos nascerem, crescerem, formarem é tão gratificante, se tem muitas rugas ou poucas,cabelos brancos ou não, com enorme barriga ou não, o importante é estár aqui com saúde mesmo que precária porque faz parte, mas desfrutando da vida da companhia da família, tendo tantas coisas pra contar, pra ensinar e você olhar no espelho e ver que seus anos vividos está carimbado no seu rosto, no seu corpo é maravilhoso, é gratificante é uma honra e acima de tudo é bênçãos de Deus, não importa como está o corpo, importa como está a nossa mente , a nossa alma, porque a alma estando jovem e iluminada ah…Não importa a beleza ou a idade do corpo, ele é um empréstimo de Deus e um dia iremos abandoná-los , temos que cuidar bem, amar esse corpo mas nunca ir contaria a leis da natureza que queremos ou não, aceitamos ou não a natureza faz seu curso!

    • Dilza.
      Todos nos deveríamos prestar atenção nos ensinamentos da natureza, pois este texto nos mostra que não somos essenciais, apenas seguimos o curso normal das coisas.
      . Devemos dar a medida exata a cada fato ou acontecimento, pessoas ou coisas, assim desapegamos e seremos mais felizes!

    • Este texto maravilhoso só acrescentou e reafirmou o que penso. Tenho amigas, algumas ainda bem jovens, que já estão procurando todos os recursos possíveis para retardar o impossível – a mudança que ocorre em nós com o passar do tempo. Acredito que não devemos perder a vaidade porém, sem perder a noção do que é normal. Estou envelhecendo sim, vou me cuidar mas tudo dentro do seu limite. Não há necessidade de parecer o que não se é mais.Um dia ouvi uma coisa muito interessante quando mencionei que estava um pouco incomodada com as pequenas varizes que aparecem nas pernas e, minha cunhada , que para minha é uma amiga e filha, me disse : isso é sinal de que você viveu. Não se incomode. E quer saber, ela tem razão. Cada idade tem sua beleza e para dizer a verdade, a maturidade nos faz mais belas.

      • Nao concordo com retardar o envelhecimento. Sem exageros é lógico, temos q usar os recursos disponibilizados hoje, não para ficar mais nova, E sim para nos sentirmos bem cconosco . Adoro meu cabelo comprido, já usei vários recursos com cirurgião plástico, mas tenho o discernimento de me vestir e me comportar de acordo com a minha idade.

    • Tenho 54 anos, a pele, cabelos o corpo não são mais jovens, procuro me cuidar mas sem exagero. Estou feliz comigo e agradeço pela minha saúde, principalmente pela vida, me lembro que minha irmã não teve esse privilégio com 39 anos já não estava mais ente nós. Quero viver mais, brincar com meus futuros netos ser um vovó bem dinâmica, sei também que não vou conseguir acompanha-los, mas vou desfrutar o máximo que posso.

      • certíssima Adélia, outro dia uma amiga de mesma idade que eu perguntou se tenho medo da velhice ( 43 anos) e eu respondi, da aparência não, apenas de não ter saúde e de mem sentir impedida de sentir o prazer da vida por dores e doenças), e ela me disse que tem medo das rugas. Percebi que ela está mais presa à aparência e então eu disse à ela que quando já descobrimo quem somos por dentro, o que está por fora já não nos assusta.

    • A natureza é uma mãe sábia, não podemos ser teimosos.

    • Tenho 75 anos e minha mulher 76. Estamos casados há 51 anos. Temos 3 filhos maravilhosos e 4 netos (por enquanto), ainda mais maravilhosos, se isto for possível! Nestes anos todos, além do Brasil, moramos em 3 países diferentes e fizemos coisas maravilhosas no campo pessoal, familiar, profissional e comunitário. Entendemos que estamos cumprindo com a nossa missão que o nosso Pai nos incumbiu de executar, sempre com o pleno apoio Dele.
      Há 6 anos estamos lutando contra o seu câncer. Isto não esmoreceu o nosso ânimo; ao contrário, está nos unindo cada vez mais! Estamos enrugados e com os cabelos brancos, ou sem cabelos, seja pela quimioterapia ou pela idade.
      Amo minha mulher cada vez mais, pois o essencial não está na aparência, mas no conteúdo, na essência.
      Continuamos de mãos dadas viajando pelo trem da vida; só peço a Deus que me permita descer na mesma estação dela!

    • Amei estou me sentindo mais viva, li reli varias vezes disse tudo que eu precisava para sair da luta que eu tinha para aceitar meus 70 anos . Agradeco e Parabens ao altor deste texto

    • Excelente texto! ! É uma lição para vivermos bem o tempo que tivermos.So depende de nós. Sempre que estivermos pra baixo, ,tai o remedio!

    • Compartilharei sim, texto que nos serve de alerta para uma vida saudável. Parabéns autor, e agora me dêem licença, preciso viver mais um pouco, mesmo quê feio.

    • Excelente. Dentro da normalidade creio que devemos cuidar da saúde para termos uma melhor qualidade de vida.O resto entrega se a Deus.Nossa vida está nas mãos Dele.Nossos dias são determinados por Ele. Louvado Seja o nome do Senhor.

    • ALZIRA LEWIS DOEBBER

      Que maravilha esse Texto , leio várias vezes e, cada vez que o leio , descubro algo que ainda não havia percebido. Sim, é real , o tempo deixa marcas ,cicatrizes , mas temos que ser resilientes para procurar viver um dia de cada vez. Não é fácil , mas a medida que a Régua do Tempo avança , vamos aprendendo e aliviando ou amenizando a culpa , as dores do passado.Obrigada.

    • Uma lição de vida…na velhice.Obrigada

    • Eu concordo em parte com esse texto e em parte não. Eu acho que a tecnologia está ai para ajudar a gente em todos os sentidos. Acreditar que eu tenho que esquecer meu passado de jovem e mergulhar no pensamento que eu sou velha e deixar que o tempo me corroa sem que eu ñ faça nada, é o mesmo que dizer que, se o ser humano foi criado para morrer, então, ñ faz sentido ele ir ao médico quando adoecer, pra que? Pra que adiar a morte se ela cedo ou tarde virá? Então gente, a vida , a beleza , esse sentimento de querer sempre estar vivo, com saúde, jovem e feliz é um dom de Deus! Foi Ele quem colocou isso dentro de nós! Deus deu inteligência ao homem para que tivéssemos recursos de enfrentar os desgastes do tempo! Cada pessoa é um universo peculiar, temos gostos, preferências e maneiras diferentes de ser! Portanto, faça aquilo que te deixa feliz. Se for uma plástica que vai te deixar feliz, levantar sua auto estima, faça. Se for uma viagem ao exterior, faça , seja lá o que for faça sem se importar com os numeros de vida que vc tem! A única parte que eu concordo nesse texto a seguinte, que nós ñ devemos ficar preocupados e abitolados naquilo que ñ podemos dar jeito. Preocupação demasiada seja la com que for, ñ vai resolver nada. Façamos tudo com naturaludade e calma, sendo racionais para ñ perder o equilíbrio e chegar ao cúmulo do ridículo!

    • Esses textos so estao me ajudando a envelhecer! So tenho agradecer por isso

    • Tenho 64 anos, e muitos me perguntam se não vou fazer algumas ‘correçoes’ no rosto, neste momento é que me dou conta de que muitos anos já se passaram em minha vida e fico muito feliz, pois a velhice não está me incomodando.
      Penso só em estar atenta para viver a idade que tenho, pois, a minha alma é juvem.
      Agradeço a Deus por isso.

    • Hoje com 72 anos lendo esse texto, só posso dizer que realmente é viver um dia de cada vez e apreciar mais um belo por do Sol,pessoas,abraçar mais,jogar conversa fora,viajar p/rever amigos enquanto dá (afinal idoso não paga passagem)ir ao cinema (mesmo que sozinha) enfim a lista é longa e as vezes o tempo acaba.

  1. Sandra Luiza Franchiose

    Excelente o texto.

    Concordo plenamente em aceitar as rugas e ser natural, não um rosto plastificado e disforme.
    Claro que não aceito facilmente a velhice, mas, o amadurecimento, experiência que adquiri ao longo destes anos, não há bisturi que consiga tirar.

    • ALZIRA LEWIS DOEBBER

      Olá Sandra, fiquei feliz em ver que não estamos sozinhas nessa, aceitar que o tempo passa , é sabedoria. Precisamos cuidar da gente, somos únicos. Me cuido , por vários motivos mas o maior, é por amor a Meu filho e Neto, não falo em vaidade… mas em qualidade de vida. Procuro não ser motivo de preocupação para eles, e que eles tenham prazer em estar comigo, procuro não ser ridícula , mas sim dentro da minha idade… Sou Alegre, por natureza …E sempre Fé e Acredito que alegria contagia. Tudo de bom para você.

  2. alice Gouvea da Silva

    Estava precisando ler isso, estou sendo cobrada do maridão por ter engordado na menopausa, valeu muito obrigado.

  3. Luzanete dos santos

    GOSTEI MUITO DO TEXTO,CONCORDO PLENAMENTE; TEMOS QUE VIVER O AGORA, O HOJE, ME SINTO MUITO BEM AOS 60 ANOS, AS VEZES ATE ESQUEÇO QUE TENHO ESSA IDADE, MESMO PORQUE NÃO APARENTO. SOU VAIDOSA, E CUIDO MUITO BEM DA SAÚDE, TENHO NAMORADO E SOU MUITO FELIZ, COM MINHA FAMÍLIA, E MEU TRABALHO. HA! SOU APAIXONADA PELOS MEUS NETOS.

  4. Maria das Graças B. D'Afonseca

    Esse texto caiu como uma luva! Tennho 59 anos,e meu marido quer me ver vestida como uma jovensinha! Tenho muitos atritos por isso e término fazendo o que ele quer! Mas não gosto! E olha que estamos casados há 40 anos! O que vocês fariam no meu lugar?

    • Fale com o seu marido para ler este texto maravilhoso e reflitir porque ele tambem esta envelhecendo. Tudo que Deus fez tem sentio para que
      a palavra Dele nao volte atras. Boa sorte e espero que que ele amadureca
      em todos os sentidos da vida. Este e o final de todos nos. ( Aceite que doi menos).

    • Não faça o q os outros querem p ti. Ninguem tem direito de ditar sobre tuas vontades, teu corpo. Mulheres precisam se livrar da ” síndrome da obediência” q inclui ter q agradar os outros! Aproveite tua maturidade p se posicionar e se precisares de mais apoio, procure um bom grupo de reflexões entre mulheres para se empoderar. Sou psicóloga, psicoterapeuta e pesquisadora de gênero. Abraço!

    • Lembrei de acrescentar q existe toda uma educação de gênero tradicional que contribui para q mulheres nao desenvolvam seus posicionamentos mais afirmativos. Há todo um conjunto de prescriçoes sociais dizendo como as mulheres “devem” ser lindas e jovens e saber como agradar seu homem. Importante desenvolver espírito crítico, a nossa sociedade brasileira é em grande medida conservadora.E isto aparece na atitude p ex. d maridos querendo transformar suas esposas em mulheres q elas nao querem ser!

  5. Meu Pai me disse antes de morrer uma coisa engraçada : porque não nascemos velhos….. …quando novos não pensamos na velhice, a ficha só cai depois de um tempo vivido……..

    • Antonuio F Reis , meu pai se foi há 3 anos , na maior simplicidade da vida. Viveu a cada minuto de sua existência . Falava coisa engraçadas e bem verdadeiras, fucaram marcadas na memória dos seys 7 filhos ,19 netos e 9 bisnetos com o 10 a camunho.
      Uma das frases era … Qdo eu morrer, coloque lá na minha lápide ” MORRI DE TANTO VIVER”
      E nos ultimis 2 anis, com saúde disponível para sua idade e memória, acordava cantando marchinhas de carnaval . Tomava seu banho diário( com muita preguiça da idade ) e cantava outras tantas musicas de sua época. E qdo sentia o peso da sua jornada, olhava para cima, como quem tivesse um amigo no céu observando e dizia…. O QUE É QUE ESTOU FAZENDO AQUI !!!! ”
      Deuxou grande genética do bom humor a todos os seus herdeiros . Que esteja se divertindo e alegrando aos que te rodeiam ,querido Papito. Te amo❤️

  6. Este texto foi escrito pelo famoso Prof. Pachecão, conhecido em BH por suas aulas em cursinhos pre-vestibulares.
    https://www.facebook.com/profpachecao/posts/231598763643764

  7. Texto excelente.
    Para ajudar muita gente a dar valor às coisas realmente importantes.

  8. denize regina potier

    MARAVILHOSO!!! Concordo!!! Que beleza de texto…a realidade que muitos desejam fugir!!! Eu, aos meus 61 anos, tenho orgulho dos meus anos vividos e da experiência e vivência que Deus me permitiu ter!!! Tenho dois filhos e dois netinhos..quatro homens que são a razão da minha vida!!! Ser FELIZ …precisa de bem pouco!!! Obrigada!!

  9. maria cristina Sofia Eiras

    É excelente. Preciso colocar em prática a lição de vida. Aprender a viver.

  10. Adorei o texto:lúcido, direto, não faz apologia idiota da “melhor idade”. Pelo contrário, sem ser pessimista, diz a verdade, nada mais do que isso. Ficar velho é um processo inexorável, para quem continua vivo.

  11. Excelente texto, é o viver do momento real de nossa breve existência aqui !

  12. Excelente texto! A inconformidade com o decurso dos anos só é causa de sofrimentos.
    É correr riscos desnecessários. A vida é daqueles que aceitam seus limites é vazia de valores espirituais e intelectual .

  13. Tenho 61 anos ja fui muito fotografada ,fiz um book dos meus 60 anos que ficou maravilhoso minha nora é fotografa.tenho uma auto estima bastante elevada ,apesar disso sofro com o envelhecimento,o que nao deveria ,depois de ler este texto tenho certeza que vou repensar e temtar mudar um pouco com estes comentarios bastante verdadeiros parabens.

  14. Só hoje,um mês depois, estou lendo este texto! Parece que foi escrito por mim! Não sofro pelos anos passando. Meus prazeres, minhas alegrias e meus interesses vêm de outras fontes: meus filhos, netos marido,a grande família, amigos , minhas plantas meus trabalhos manuais e o envolvimento com os amigos enchem a minha vida .Lamento as limitações que a idade impõe (e são muitas) , mas , aprendi a contorná-las e sigo fazendo o que dou conta.Adorei a frase¨¨quem tem muito dentro precisa ter pouco fora¨¨. Sintetiza tudo……

  15. solange matos pinheiro

    Realmente o nosso passado e´ lenha calcinada..
    esquecemos muito isso…

  16. O jeito é virar a página e seguir em frentre.

  17. Concordo..procuro viver bem e aproveitar o que é possível ! Gostei muito do texto..deveria ser lido por todos..

  18. Tenho 60 anos bem vividos, família adorável e meu netinho que amo de paixão.
    Sinto os anos passarem com alegria, porém é difícil como mulher ter a vaidade que tenho
    Notar em meu semblante as rugas, marcas que o tempo infalivelmente degenera dia após dia
    Não é fácil aceitar, nesse texto que li diz para viver sem se preocupar e viver essa fase
    Sem sofrer e nem tentar resgatar o que não viveu…isso é sofrer.
    Quanto as cirurgias plásticas sou a favor, como lifting, abdominoplastia, redução de mamas
    É o avanço da medicina e por que não utiliza-las?
    Claro que para alguns talvez não haja interesse, que não é meu caso.
    Farei sim quando realmente isso começar a me incomodar, não somente para me sentir mais jovem
    Mas estar com meu semblante menos cansado pelo tempo
    Com minhas experiências, as quais adquiri nesses anos de vida
    Sinto-me grata pela vida o que vivi e vivo nos dias de hoje
    Sou feliz, conquistei e conquisto diariamente meus objetivos
    Com muita luta, determinação e força de vontade
    Sou adepta ao espiritismo, creio em um ser divino onipotente Deus
    E tenho esperança de que neste mundo ainda reinará a paz.

    ”””””””””””””””””””””””””””””””””””””””’

    • Sou uma sra de 55, concordo com sim com tdas palavras do texto, porém não serei hipócrita de dizer q gosto e aceito rugas, vejo q sou diferentes das demais aqui., o que não me faz diferente, faço meu botox uma vez por ano para me gosta e me amar, plástica não sei, mas se me der vontade farei , isso nao quer dizer q não aceito minha idade, tanto aceito como curto só não sou obrigada a fica feia cheia de rugas qdo tenho recursos para me melhorar. Afinal os recursos estão aí para quem quer. Parabéns para as que curtem o natural.

    • Joana Darc. Vc esta certissima. Eu tenho 60 anos e ninguem diz q tenho essa idade. Não é facil aceitar o espelho e ver a nossa beleza indo embora. Mas eu sou a favor da tecnologia e contra alguns procedimentos que deformam mais q embelezam. Curta minha pagina e vamos nos falar. Ja existe produto que faz a juventude voltar. facebook.com/vocesemprejovem

  19. Clesia Maria Guardia

    Texto maravilhoso!
    Extremamente real para uma boa reflexão.
    Hoje me encontro no auge dos meus 61 anos e me sinto FELIZ e bem resolvida com as mudanças no meu corpo, na textura da minha pelo, nas rugas no meu rosto, pois são sinais do tempo vivido e só as não teria se já tivesse partido. Tenho meu esposo, um filho com 27 anos Engenhriro Civil, formado para enfrentar a vida com independencia e uma filha com 20 anos que ira se formar Arquiteta e Designer de Interiores em 2016. Tenho uma MÃE linda e lucida com 95 anos que totalmente independente. Isso é maravilhoso olho para as poucas rugas da minha MÃE, agradeço a DEUS Por estar permitindo que Ela esteja junto de nós é ao mesmo tempo que permita que eu chegue pelo menos mesmo que não seja tão maravilhosa como Ela está mas que eu envelhecia aceitando com dignidades as transformações pelos anos vividos, pelo prazer de viver.

  20. Adorei o texto. A velhice é uma dádiva divina.

  21. Edna Virirssimo da Silva

    Exelente texto,muitos precisavam ler esta maravilha.Super real!

  22. Vivo o agora intensamente. Curto o momento abençoado pelo Supremo Arquiteto

  23. CLEIDE DA SILVA MOREIRA

    GOSTEI MUITO DO TEXTO QUE LI AQUI ,MUITO REAL TENHO 66 ANOS DIZEM QUE NÃO APARENTO ESTES ANOS VIVIDOS,SOU FELIZ PROCURANDO A MELHOR MANIRA DE PASSAR POR ELES E OS PRÓXIMOS,ESTOU SEMPRE PROCURANDO ESTA DE BEM COM OS QUE AINDA VIRÃO,APESAR DA IDADE QUE TENHO MEU ESPIRITO É JOVEM NÃO SINTO-ME VELHA,PROCURO ESTAR SEMPRE ATUALIZADA COM O QUE SE PASSA PELO MUNDO E ASSIM ENTENDER A EVOLUÇÃO DA VIDA ,ASSIM SENDO NÃO FICAREMOS COM DEPRESSÃO,PROCURANDO SEMPRE QUE VIVER COM ALEGRIA AGRADECENDO SEMPRE POR VER UM NOVO AMANHECE.

  24. Angelica Bittencourt

    Texto literalmente maravilhoso! Tenho 56 anos de idade, e desde sempre, até aqui; comungo com essa maneira de pensar porque é assim que sinto! Digo até aqui… porque o ser humano é mutável, e… vai que… rsrs. Eu não sei muito como explicar, mas desde bem novinha eu já dizia que todas as fases da nossa vida cronológica, tem os seus encantos!! E gosto muito dos meus 56 anos, absolutamente natural; já tenho os meus cabelos grisalhos e adoro!

  25. OLA,
    SEMPRE FALO E MEU LEMA VIVO UM DIA DE CADA VEZ …

    ADOREI
    BOM FINAL DE SEMANA

  26. Magnólia Felix Figueiredo

    Tenho 83 anos , aceito os anos que Deus me proporcionou com alegria. Amo a vida e tudo que puder fazer ao próximo de bom ainda farei. Amo , amo amo ….a vida , um por de sol, criança, flores, pássaros , poesia .Agradeço a Deus tudo de bom e maravilhoso que me Ele deu. Tive três filhos encantadores , dois já estão com O SENHOR, me deram muito amor. Agora , viuva e com a filha procuramos viver o melhor possível para nós e para o próximo. Deus seja louvado.

  27. Se nao me falha a memoria(kkkkkk) ,Foi Millor Fernandes que disse: “a infancia dura pouco,a adolescencia dura pouco,a juventude dura pouco-Que Pena …… Ja a “velhice dura muito”: que maravilha!!!!!!

  28. Mirna Fracalossi Antoniazzi

    A P L A U S O S !

  29. Eu sempre lembro da minha tia dizendo isso,quando ela vê uma pessoa mais jovem com tudo em cima : eu não tenho inveja eu já fui assim é daqui pra frente quero fazer jus do que eu plantei e viver intensamente o tempo que me resta,,as rugas no rosto e a escrita da nossa história

  30. Mauricio de Castro Vidal

    Excelente o texto. Entrar na terceira idade exige preparação. A mente continua a se sentir jovem, mas muitas vezes, o organismo não atende suas expectativas e anseios. Entretanto, o maior desafio, é a consciência de que as pessoas já o vêem como “velho” e mudam suas atitudes a seu respeito, muitas vezes não aceitando suas interações. É frustrante, aflitivo e inaceitável!

  31. Adorei, devemos agradece a Deus por ficar velhos, mas não é fácil. É um desafio novo temos que nos adaptar
    com a nossa fragilidade corpo e saúde.

  32. Belo texto, grandes verdades!

  33. A juventude é tudo tudo um dia acaba e preparo muito para descida é a lei natural da vida saúde para todos que estão na descida é lindo o texto

  34. Me cuido pq não quero e não vou entrar no bisturi. ..nem botox …Estou comendo comidas saudáveis e cortei refrigerante além de não fumar …a hora que chegar a idade vou aceitar. ..Não tenho medo da parte estética mas da saúde mesmo …principalmente medo da menopausa…sei lá …medo de ter problema de vista e não poder ler meus livros. ..coisa que mais me dá prazer…enfim…penso que mais importante do que estar bem esteticamente é estar bem de saúde…

  35. Texto MARAVILHO ,tenho 66 anos bem vividos, tudo que sei.é que nada sei…e na vida tudo nasce cresce e morre…assim somos nós, somente Têmos que aceitar, o importante é plantar boas sementes, através dos filhos, dos netos, dando exemplos ,com fé e pés no chão vivendo a atual realidade… Nada se perde e tudo se transforma…essa é a Lei…mas o espírito esse sim é imortal , e nós podemos transforma.lo com conhecimento e sabedoria, harmonizando se com as Leis Divinas.. Sendo feliz e fazendo acontecer a felicidade ao seu redor… Tenho maior prazer de dizer : tenho 66 Anos …sou feliz, e assumo minhas rugas …já fui portadora de um CA , mas venci a luta…Agradeço muito a Deus,..

  36. O doce pássaro da juventude bateu assas e voou .

  37. Tenho 68 anos,um marido maravilhoso,3 filhos maravilhosos,Uma nora e dois genros sem igual sem contar uma netinha que é um presente de Deus e da minha filha.. Só quero que Deus permita que eu fique mais uns anos aproveitando essa vida maravilhosa ,com minha velhice,minhas rugas sem querer voltar no tempo,esse já passou ,e passou muito bem.Como disse Joa bateu assas e voou.bjs a todos

  38. mara yamar de araujo moraes

    Viver à vida em qualquer idade.

  39. Digenir Chaves Fugazza

    O texto e lindo, vem de encontro com os meus pensamentos. A hora é agora. O passado ficou lá no passado. Deixou saudades. Mais nada como viver o hoje da melhor maneira possível. Valorizando as nossas conquistas atuais por menores que seja.

  40. O texto é do professor José Inácio Pachecão, palestrante motivacional e escritor, lecionou física por 25 anos em todo o Brasil sendo o precursor do estilo aula show.

  41. Envelhecer é um privilégio negado a muitos… Os que foram cedo demais.

  42. Bom dia Maya e a todas vcs.. Vc tem o nome de.minha filha,que significa ilusão! O seu texto é bonito e realista. Fiz 59 e estou sentindo a perda da juventude, o que esta me deixando muito triste, pois ja não consigo viver como antes. Não me refiro a aparência, barriguinhas,etc, mas a diminuição da saúde, da energia, que piorou muito com a descoberta de uma hérnia de disco. Mas o que mais incomoda, é que pela falta de saúde e vitalidade, nao tenho mais conseguido acompanhar a vida de.minha filha de 21 anos. Estamos indo em direções contrárias. E isso vai acontecer cada vez mais com a passagem do tempo. Não sei como lidar com isso . Poderiam me dar alguma orientação? O que uma jovem de 21 anos espera de sua mae? Bjs a todas e obrigada

    • Minha querida Renata, imagino a sua aflição. Por causa da hérnia, não sei se você pode fazer exercício físico, que é fundamental para se manter energizada, ao lado de uma alimentação com frutas e legumes. Você é jovem. Converse com o seu médico, converse com sua filha. O que você não pode é se sentir derrotada, sem saída. Não desista – até porque, a sua filha precisa de você. Não se esqueça: tudo depende, em primeiro lugar, de você mesma.
      Abraço apertado e sucesso para você.

  43. Texto para muita reflexão…..gostei muito …aceitei muito bem minha idade…só nao aceitei
    ter engordado…..ainda brigo muito com a balança….e depois dos 50e poucosresolvi fazer alguns
    desafios que ainda não havia tentado…como fazer corrida de rua…lutar box….e
    sinceramente estou adorando…..e meu neto de 05 anos me incentiva a cada nova
    medalha que conquisto…..qto a juventude foi bom enquanto durou

  44. Sinto que habita em meu corpo uma mulher menina e as vezes me assusto…tenho 63 anos e continuo, como sempre fui, sonhadora, alegre, menina…adoro ver isso em mim…mas já lamento pelo tempo que está acabando…acabei de me separar e lamento por tantas coisas lindas que nao consegui viver…estou em paz e ainda vou descobrir muitas coisas lindas…

  45. Texto espetacular , pois vem ao encontro exatamente do que penso .Tenho 73 anos , sou feliz , vivo um dia por vez , da melhor forma possível , não me preocupo com números e sim com a vida .Amo viver , amo tudo de bom que a vida me proporciona .Amei o texto , pois é o que vivo no meu dia a dia .Obrigada por tão maravilhosa informação , especialmente para as pessoas que não aceitam a idade , toda idade tem sua beleza !As pessoas que se preocupam demais com a aparência , envelhecem mais cedo do que nós que a aceitamos e deixam com isso de viver os melhores momentos da vida , que são esses da terceira idade .Melhor época da minha vida , depois dos 60 anos .Sem demagogia !

  46. Amei esse BLOG … hoje somente vou deixar o endereço online e quero depois com mais tempo conhecer o trabalho de vcs é um show… Tenho uma ONG onde trabalho justamento com os idosos e sou sou uma mocinha de 71 anos – nasci em 1944 – adoro a temática Envelhecimento Natural… Tenho vários escritos sobre Tocantins Brasil…

  47. Ernoe Eger! Que maravilha de vida vcs tiveram e vão ter muito ainda, a graça de viver!
    É um exemplo a seguir!
    Eu nem sei o que dizer ainda diante de tantas maneiras de ver a velhice hoje em dia..
    Espero seguir meu pensamento atual de cuidar,( dentro do que consigo) o que como, e ir ao medico fazer
    exames que forem precisos para colocar em dia a saúde…e deixar rolar!
    De vez em quando passo um creme hidratante e quando muito sol, um protetor solar e deu!
    Não tenho coragem de me submeter a qualquer intervenção pequena que seja pra corrigir nada que a natureza tenha feito o trabalho de envelhecer…então…é assim!

  48. Tenho 73 anos adoro minha vida, vivo cada dia como se fosse o último.Adorei o texto, concordo plenamente com tudo que foi dito e tenho sempre em mente que TUDO TEM O SEU TEMPO CERTO. Só me resta aceitar com dignidade.

  49. ALZIRA LEWIS DOEBBER

    Lamento não ter certeza do Autor desse, Belo Texto, penso que saber envelhecer é um Talento, cada um de nos encara de maneira diferente, já que somos todos diferentes geneticamente falando. Conheço jovens que já envelheceram e , velhos que permanecem jovens , mas sem serem ridículos. Acredito que somos livres , mas devemos seguir algumas regras para viver bem ,j´que vivemos em Sociedade.O tempo não volta, melhor viver bem e plenamente cada momento , aceitando que a velhice , com certeza, nos limita, mas não nos impede de sermos Felizes.

  50. É muito importante saber envelhecer com dignidade.

  51. Texto incrível! Tenho apenas 19 anos, mas às vezes me pego pensando em como o tempo passa rápido. Mas como diz aquele ditado “A velhice é uma dádiva para poucos” algo assim. Quando me lembro dos meus avós e vejo meu avô admiro todos os anos vividos e todas histórias contadas, da adolescência, de como se conheceram, como criaram os filhos, como viveram e como se vive a vida. Uma profunda sabedoria, algo realmente incrível. Viemos ao mundo para viver da maneira mais plena possível. O conselho de esquecer algo que não viveu na época certa é válido, e mais válido ainda, viver a vida intensamente e alegremente.

  52. eu não tive saco de lê-lo todo, mas achei uma bosta…………..pachecão biologo de formação e um grande professor babaca de cursinhos pré-vestibulares que ganharam muita grana no processo filho da puta pra entrar nas universidades federais….só apoiaram o processo que perdurou anos….ai veio o ENEM!!!!pachecão e todos cursinhos que enricaram irão acabar….pitagoras….promove…..cromos…..etc…etc….

  53. Pois eu tenho 65 anos , e sempre procurei ter uma vida saudável em alimentação exercícios e crescimento espíritual e emocional. Mas também sempre cultivei meu físico e sou adepta dos avanços que a ciência nos disponibiliza. E faço uso delas sempre que sinto necessidade! Agora o que eu apreendi é respeitar a escolha de cada um ! Faça da sua vida e do seu corpo o que bem entender, se isso for do seu agrado! Ninguém tem o direito de achar que os que pensam diferente estão errados ! Cada um encara de forma totalmente individual.
    Não acredito que alguém ache maravilhoso as limitações e a decrepitude da velhice! Se disser que acha! É ipócrita
    Aceitamos, porque não tem outra saída! É melhor ser uma velhilha bonitinha do que um ” maracujá cheia de pélanca” ! E tem milhares que pensam como eu, senão os cirurgiões plásticos e as clínicas de estéticas não estariam de agendas lotadas! VIVA E DEIXE VIVER! Kkkkkkkkkk

  54. Sou uma pessoa de sorte porque melhorei com o passar do tempo. Meu ganho foi infinitamente grande porque do espírito e da psiquê há anos tenho me cuidado.

  55. Exatamente como eu penso!
    Tocando a vida em frente…
    “Abra a mão daquela beleza exuberante, da memória infalível, da ausência da barriguinha, da vasta cabeleira e do alto desempenho, pra não se tornar caricatura de si mesmo. Fazendo isso ganhará qualidade de vida. Querer reconquistar esse passado seria um retrocesso e o preço a ser pago será muito elevado. Serão muitas plásticas, muitos riscos e mesmo assim você verá que não ficou como outrora. A flor da idade ficou no pó da estrada. Então, para que se preocupar?! Guarda os bisturis e toca a vida.”

  56. Você morre jovem e bonita , ou envelhece e convive com as marcas da sabedoria. Até quando a sociedade vai cobrar juventude eterna ?

  57. Verdadeiro e encantador.

  58. mara lucia baggio paschoal

    NINGUÉM SEGURA O TEMPO. NÃO QUER ENVELHECER? MORRA ENQUANTO JOVEM. PARABÉNS PELO TEXTO.

  59. Acho que um pouco de cuidado com a aparência não faz mal a ninguém. Auto estima também é importante para desencadear bons relacinamentos… Ridículo mesmo é ver pessoas maduras comportando-se como se fossem jovens…

  60. Não é um processo fácil, mas não precisa, obrigatóriamente, ser trágico!!!

  61. ana maria almeida pina

    Fiquei muito mais bonita…quando assumi…

  62. No Reino Unido,

    Envelhecimento como perda do desempenho orgânico, segundo pesquisas, é doença.
    Poderemos, possivelmente, no futuro próximo passar pelo tempo de vida sem tornarmos velhos. E por isso devemos nos cuidar. Não vejo relação depreciativa entre os cuidados com aparência e longevidade.
    Esse pensamento de que devemos nos conformar é velho.
    O olhar médico relativo ao envelhecimento está mudando devido as novidades em pesquisas genéticas e cuidados com a nutrição, movimentação do corpo e mente livre de apegos e problemas insolúveis (concordamos plenamente com o escritor do artigo). Porém, desde já o nosso posicionamento frente à manutenção produtiva do corpo idoso significa estar alinhado a um corpo nutrido em todos os níveis,inclusive além do físico, o mental e aumento das capacidades intelectuais e atualização constante.

    http://www.robertofrancodoamaral.com.br/blog/envelhecimento/o-que-voce-precisa-saber-sobre-telomeros-e-envelhecimento

  63. Concordo com a Janete. Não devemos nos conformar com a velice do nosso corpo. Existem recursos para reverter esse efeito como bem explica a ciencia e a materia sobre telomeros.
    Conheça um pouco mais alguns produtos que ja usam a tecnologia das celulas tronco humanas e fatores de crescimento. Curta facebook.com/vocesemprejovem

  64. Olha que legal o texto acima, e ficou mais ainda com a confirmação de tantas outras pessoas, que fizeram seus comentários a seguir, em complemento a aquilo que, com consciência, concordamos plenamente. Mas como somente concordar não basta, bora reconhecer e agir com a natureza de acordo como ela realmente é, e não como muitas vezes a gente gostaria que fosse!

  65. Respeitosamente, permita-me divergir em alguns pontos.
    Primeiramente, acho que há uma parte de nós que pode envelhecer ou não; é o nosso espírito, a forma de encarar a vida. Há inclusive jovens que já nascem com gosto por regras, controle, autoridade, entre outras coisas e há velhos que mantém a seu senso de liberdade inalterável ao longo da vida:
    Quanto à aparência, bom reconheço que há algumas produções que conflitam com a idade, mas acho que bom gosto e elegância são possíveis em qualquer época, assim como o cuidado com a saúde e a manutenção de um bom aspecto. Cuidar da pele, dos cabelos, da alimentação é diferente de se recusar a envelhecer. Seu texto parece colocar no mesmo saco a inocente tintura loura da minha vizinha de 82 anos e as cirurgias radicais de alguns famosos.
    A questão é, como vou envelhecer? Cada pessoa tem o seu jeito. Se a saúde e a memória me permitirem, jamais esquecerei meu passado histórico e pessoal, pois mesmo as coisas ruins servem para me lembrar que eu sou forte e que eu as ultrapassei e sobrevivi. Seu texto é delicado e bem intencionado, mas é a sua resposta diante da velhice , pode não ser a de todos. Se for considerada como um depoimento, é bem legal.
    Outra coisa, a máxima “quem tem muito dentro precisa ter pouco fora”, seguida do exemplo da pessoa que viveu 60 anos na mesma cidade, deve ser aprofundada. Nada de errado com quem é feliz vivendo a vida inteira onde nasceu. Não desmerece nem diminiu ninguém. É questão de oportunidade. Mas se tem uma coisa que realiza, que amplia os horizontes de uma pessoa de qualquer idade, é viajar. Fazer uma viagem não é o mesmo que comprar uma bolsa cara ou um sapato de marca. Viajar revigora a alma, não é consumismo ou futilidade. Viajar é como estudar, não é precisar de muito, é precisar de mais. Última coisa: muita gente reserva a sua realização para a parte final, não porque quer, mas porque a vida nao lhe deixou outra opção. Na minha formatura na faculdade, a oradora foi Dona Marlene. Tinha 64 anos quando se formou. Tomar café com bolo na companhia dos netos é lindo, mas buscar realizar seus sonhos enquanto se está viva, é sublime. Um abraço cordial.

  66. Minha amada mãe e tias, envelheceram tão lindas, com tanta dignidade e seu cableos brancos, muita saudades, quero ser como elas.

  67. estou com 51 .casei com 16 meu marido 19 .temos 3 filhas lindas e 4 netas maravilhosa , se fosse voltar o tempo , faria tudo novamente , entao vamos viver o hoje , cada fase da mnha vida foi linda ,agora é aproveitar os dias que vem surgindo .viver sem frescura , plantar amor , ser feliz e isso que quero

  68. Maria Aparecida f de carvalho

    Vivamos felizes,amando a vida,fazendo o bem e agradecendo tudo que fomos e que somos e( por que não? )vivamos lindas! Quem não gosta é porque já se sente meio morta.Se o senso do ridículo for observado,que mal há nisso?

  69. Envelhecer é distanciarmo-nos cada dia daquele ser sublime que é a criança e de tudo o que ela tem de bom.
    É esclarecedor o sentir de Fernando Pessoa ao dizer que nascemos por missão ou por castigo.
    A falência dos sentidos leva a enfeitar o dia a dia ao velho chamando-lhe idoso mascarando a realidade, e distrai sobre a única coisa para que pensa para onde caminha : – A morte.
    Tudo isto é o refúgio do ateu materialista a quem o dia adia apavora e se socorre do absurdo da “velhice encantadora”.
    Ao invés o Espiritualista não precisa de abonecar uma velhice trágica porque “Quer e Crê” na Verdade da Vida Eterna.

  70. Maria Inês loes do Nascimento

    Texto fantástico, se couber aos homens tbm. Temos sim q enfrentar com sabedoria o q nos cabe, mas esse divisória imposta somente as mulheres, é triste e submissa. Vão jogar pedras pq querem muitas coisas e não jogam amor, apenas cobranças. Nós chama de ridículas e aos q tbm envelhecem de vinho antigo e bom . Por favor…nos nivelemos pelo suposto q envelhecer pode ser bom desde q saibamos pq,pra q e como?

  71. Uma vez ouvi de um médico do qual não recordo o nome (normal kkkkkk), que dava entrevista em um programa para nós mulheres, “que envelhecer se assemelha as estações do ano, e se viver bem cada, então aceitar o outono e inverno não é difícil”.
    Estou entrando no outono e me preparando para viver essa nova “estação” e posso falar que está sendo bem divertido, assumi meu cabelos brancos, mudei meu estilo de roupas, agora sou estilosa, também aprendi que agradar as pessoas é a melhor coisa, por isso adoro ficar cozinhando, criando pratos,decorando e reciclando a casa, curtindo filhos e netos postiços, hoje em dia reparo mais nas pessoas procuro ver a expressão corporal, e não esqueço que também já fui tola! dou risadas de mim quando erro.
    E só estou conseguindo transitar bem por tudo isso, porque em determinado momento consegui iniciar/fazer uma reforma intima, ainda falta muitas coisas, mas tudo a seu tempo!

  72. Na verdade envelhecer é uma mherda, você passa a vida inteira lutando para sobreviver (principalmente num país como o nosso) e quando vai ficando mais velho e acha que vai ter tempo para curtir um pouco a vida vem os problemas inerentes à idade, saúde que se debilita, dinheiro curto, planos de saúde que te exploram,saúde pública que não funciona, idosos desprezados pela sociedade em geral, direitos que ao longo de uma vida de trabalho foram conquistado, vão sendo retirados sem mais nem menos por políticos sem caráter, quem tem uma segurança patrimonial para garantir uma velhice tranquila ainda pode ter uma vida razoável, o resto vai chorar às minguas, vá a um posto de saúde para atendimento público, recorra à um órgão público para uma cirurgia de média complexidade, ou procure um tratamento dentário sem dinheiro para ver como é duro a vida de um idoso. texto bonitinho só funciona para quem tem cash, o resto é conversa mole. desculpe ai a realidade apresentada!

  73. Lúcia Verônica Silva

    Sábias palavras. Vou tentar mudar e aceitar a terceira idade. Obrigada!

  74. Maravilhoso texto, realmente nos faz refletir. Sejamos feliz hoje, amanhã não sabemos se virá, mas vindo que vivamos com sabedoria.

  75. Telma Conceição Ribeiro da Silva

    Também penso assim e sempre digo que passei pelas fases da vida muito bem e em cada uma fui feliz, por isso não sou triste porque tenho 73 anos. Amo e sou amada pelos meus familiares e além disso só fiquei idosa por fora, na minha cabeça estou só com excesso de juventude! Rs
    Sou feliz assim, isso me basta!

  76. Tudo tem começo ,meio e fim.
    Estou muito feliz nos meus 77 anos de vida.Se estou viva ,tenho que envelhecer…..nunca fugi da realidade.
    Me orgulho da vivência que Deus me permitiu ter.Sou grata e os meus hobbies enchem a minha vida.
    Lamento as limitações que os anos impõem,mas aprendi contorná-las.
    Vejo o anos passarem com alegria.Conquistei os meus objetivos.Amo o meu próximo e tudo que puder fazer ,farei.
    Cada idade tem o seu encanto.Elas são dádivas divinas.Quanto mais ,melhor.
    Quero continuar vivendo com Paz e Harmonia,agradecendo cada dia que amanhece e termina.
    Deus seja louvado e o inimigo vencido.Aleluia!!!!!

  77. Raymundo Florêncio Pantoja Filho

    Gostei muito do artigo, parabéns!!!
    Cascas ao bom DEUS, após 67 anos de vida e 45 anos de profissão muito daquilo que ajudei à construir já se deteriorou, conforme inicialmente planejado, alguns ativos ainda resistem, devido à manutenções bem feitas periodicamente e à trocas de componentes.
    Tudo isto tem uma história que considero importante guardar pois, serve como referência e exemplo para novos desafios, nos quais me recuso à desacreditar.A mudança sempre permeou a minha vida, trabalhei em sete setores da economia brasileira mas reconheço e compreendo que muitas atividades que realizei no passado eu não devo mais realizar hoje porém não vou apagar estas memórias pois, elas me trazem alegrias, satisfações e até induzem à minha motivação em continuar acreditando que ainda poderei ser útil, de alguma maneira, utilizando o que aprendi com os meus erros e acertos.
    Há dois anos atrás eu ainda acordava às 4h00min para iniciar o meu dia de trabalho, que muitas vezes terminava às 21h00min, hoje eu entendo que isto não mais faz parte da minha rotina, acordo às 7h00min, faço exercícios, pego sol da manhã e as vezes ando de bike em grandes distâncias. Realizo os trabalhos que considero necessários para manter a minha empresa, participo de eventos técnicos em outros estados mas não me preocupo em me mostrar jovem, embora a minha alimentação permita que isto aconteça. Procuro sempre contornar as frustrações pois considero esta atitude fundamental para prosseguir e dar sentido à minha vida, que sempre se prestou para ajudar o próximo, mesmo que eu nunca venha à conhecê-lo (-la).
    Para mim, o importante é sentir o peso da idade e respeita-lo mas não se impressionar com ele.
    Continuar sonhando e tendo esperança, do verbo esperançar, tendo fé em DEUS e, sempre que possível, colocando os dons que ELE me deu à SUA disposição. Há alguns anos participo de Equipes de Liturgia em igrejas católicas.
    Hoje em dia eu resido em uma cidade do interior de MG, com aproximadamente 20.000 habitantes e me dedico à auxiliar no seu desenvolvimento, com as minhas experiências e competências.
    Simples assim.
    Aproveito para desejar um FELIZ NATAL à todos (as).
    Raymundo Pantoja
    PACTE.

  78. Raymundo Florêncio Pantoja Filho

    Uma pequena correção no meu comentário anterior; … Graças ao bom DEUS…

  79. Gostei do texto. Porém, tenho ressalvas a fazer. Quanto às plásticas, se uma pessoa se sente bem ao faze-las, parabéns. Eu tenho 81 anos, não pretendo mexer em nada, e me sinto muito bem, Sinto que muitas coisas mudaram, porém não me preocupo, encaro como mudanças naturais da fase da vida… Assim vou vivendo bem, de acordo com a idade, e não me queixo.
    Minha mulher tem 58 anos, e aceita muito bem as transformações, que não são tantas…

  80. Tenho 48 anos, sempre fui bonita, pelo menos é o que todos dizem, e não adianta negar, realmente cada ruga que aparece em um rosto que sempre foi harmonioso, assusta um pouco e tento amenizar com os procedimentos estéticos hoje disponíveis. Mas ao mesmo tempo, procuro me espiritualizar e agradecer a bênção de estar envelhecendo com saúde.

Deixe seu comentário