Por que engordamos após os 40 e como evitar esse ganho de peso

O estresse é um dos que provocam distúrbios que afetam o peso

Maya Santana – 50emais

Muito bom este artigo de Silvia Ruiz, do blog Ageless, do Uol, sobre essa questão de se ganhar peso depois dos 40 anos. Com o envelhecimento, um número enorme de homens e mulheres travam uma luta árdua para manter o peso equilibrado, porque a tendência é mesmo engordar. Não e o meu caso, pois sou de família de gente mais magra. Mas tenho amigos que estão sempre se queixando da balança. Gostei desse texto porque ele não não se limita a falar do problema, mas aponta a solução.

Leia:

Eu vinha conseguindo manter meu peso mais ou menos estável há pelo menos 20 anos. Sempre me alimentei com equilíbrio e de forma saudável, fiz exercícios, tudo certinho. E nem mesmo de balança eu precisava (há muitos anos parei com essa paranoia de viver me pesando). Se as roupas estão servindo como sempre, tudo certo, se apertam um pouco, entro numa dietazinha (falo sempre sobre minha alimentação no meu Instagram, me siga lá também @silviaruizmanga). Por isso quase caí para trás ao subir na balança numa consulta médica aos 47 anos: seis quilos a mais! “Oi? Como isso aconteceu, doutor? Essa balança deve estar errada! ” Não estava. Os tão temidos quilinhos a mais da meia idade simplesmente se apossaram do meu corpo!

O fato é que isso acontece com a maioria das pessoas. A gente ganha peso depois dos 40 por uma série de fatores. Mas calma! Tem, sim, solução. Esses quilos não te pertencem! É preciso mudar alguns hábitos e apostar nas estratégias certas, mas dá para contornar. Mas uma coisa é certa: se a gente continua a comer como sempre comeu aos 20, 30 anos, a conta vai chegar, a gordura vai teimar em se acumular. Conversei com o endocrinologista e mestre em medicina no estilo de vida Luiz Fernando Sella para entender esse “fenômeno” cruel, essa peça que a vida nos prega, e como podemos enfrenta-lo. Vamos aos motivos e às soluções:

1. Perda de massa magra
É um processo natural do envelhecimento a gente perder massa magra (músculos) a partir dos 30, 35 anos. E são justamente nossos músculos os músculo, menos “queimamos” calorias. E aí essa energia que sobra é acumulada na forma de que? Gordura! Então, mesmo quem sempre fez só exercício aeróbio frequente (corrida, bicicleta etc), não vai evitar essa perda muscular. O remédio: levante peso. Isso mesmo. Você pode detestar musculação (como eu), mas ela é o melhor remédio para o problema. Invista em treino de força. Ganhe músculos e queime mais calorias.

2. Resistência à insulina
Mais uma razão para você correr para a academia para fazer musculação. A perda de massa magra também colabora para a diminuição da nossa sensibilidade à insulina. A insulina é responsável por levar a glicose que temos no sangue para dar energia para as células. Com a idade e com menos massa magra, o pâncreas tem que trabalhar mais e faz subir os níveis de insulina no sangue para dar conta de transportar essa glicose. O que essa insulina alta faz? Ela é responsável por nos fazer armazenar gordura. Se quiser saber se isso está acontecendo com você, vá ao médico. Ele deve solicitar um exame de dosagem de glicose e de insulina em jejum no sangue.

3. Estresse
Outra razão que nos leva a engordar é o subestimado estresse. “Essa fase dos 40 anos muitas vezes se confunde com o pico de produção e responsabilidade profissional, filhos pequenos ou adolescentes, às vezes os cuidados com pais idosos”, diz Sella. “O acúmulo de papéis faz com que a gente tenha menos tempo para se cuidar, para ter hobbies, momentos de descanso”. Tudo isso causa o aumento do hormônio do stress, o cortisol. Adivinhe o que ele faz? Aumenta nossa fome, principalmente para alimentos calóricos. E aí, já viu… Por isso, procure estratégias para combater o stress. Equilíbrio entre vida em família, lazer e trabalho é óbvio, mas nem sempre conseguimos controlar. Meditação, Yoga, exercícios de respiração, nesse caso, podem ajudar muito. Clique aqui para ler mais.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*