Arquivos de Tag: déa Januzzi

No universo do meu envelhecer, 4 estrelas brilham sem parar

Déa Januzzi No universo do meu envelhecer, quatro estrelas resplandecem, têm luz própria, brilham sem parar. Cada uma do seu jeito, com grandeza e singularidade: Amélia Januzzi, Dona Olímpia, Efigênia Rolim e Íris Apfel. As duas primeiras já se foram, viraram poeira galática. As outras duas estão entre nós, com 84 e 94 anos respectivamente, promovendo a Revolução dos Velhos, ... Leia Mais »

A vida é isso, pequenas felicidades sorvidas gole a gole

Déa Januzzi – O filho saiu, resolveu bater asas – e ela ficou sozinha piando sozinha nesta gaiola doméstica. Pensou que poderia fazer o que quisesse, mas o que ela quer mesmo? Ela queria liberdade? Para que mesmo serve a liberdade? Se ela está aposentada, a faxineira veio para deixar a casa limpa e perfumada? Antes, com certeza, iria à ... Leia Mais »

Ainda dá tempo de pegar carona numa estrela e saudar o novo ano

Déa Januzzi Ainda dá tempo de pegar carona em uma estrela e saudar o novo ano, pois só Ela pode mostrar o caminho. Assim como fez com os reis magos Belchior, Baltazar e Gaspar que estavam perdidos, pois não sabiam onde encontrar Jesus, Maria e José. Então, uma estrela nasceu no céu para orientá-los até Belém. Tendo a Estrela de ... Leia Mais »

Um presente de Natal que acendeu todas as minhas luzes internas

Déa Januzzi O presente chegou antes do Natal, época em que dá uma vontade danada de sumir, ou, então, de viajar para outro planeta. Antes de abrir o presente, ela teve uma estranha sensação de conforto e paz. Uma caixa vermelha, onde estava escrito: “Passaporte da prosperidade, com visto para a abundância”. Curiosa, ela abriu na primeira página, reservada para ... Leia Mais »

Antes que o choro fique engasgado para sempre na minha garganta

Déa Januzzi De repente, as mulheres pararam de chorar. Quase ao mesmo tempo em que os homens se permitiram chorar, cozinhar, dividir as tarefas domésticas e a criação dos filhos, as mulheres passaram a ter vergonha de chorar, principalmente em público. Chorar virou sinônimo de fragilidade, de desequilíbrio emocional, de fracasso. Eu, que chorava por pouca coisa, contive as lágrimas, ... Leia Mais »

Eu cansei de ouvir conceitos sobre envelhecer bem

Déa Januzzi – Se eu deixar de fumar, parar de tomar vinho, praticar atividade física regularmente. Se levar uma vida equilibrada, sem dívidas, planejada, com viagens pelo menos uma vez por ano, se tiver contato com a natureza, se viver perto do mar, se minha alimentação constar de orgânicos e sucos verdes, se eu não colocar frituras nem embutidos nem ... Leia Mais »

Será que vai dar tempo? – Déa Januzzi

Será que vai dar tempo de correr até a Rua do Ouro, a poucos quarteirões da minha nova casa e abraçar René que está fazendo 101 anos no próximo dia 6 deste mês? Ela é uma velha amiga de minha mãe que já partiu há seis anos. Será que vai dar tempo de comemorar o Natal e o Ano-Novo em ... Leia Mais »

Cada um tem uma. Qual é a trilha sonora da sua vida?

Déa Januzzi – O vídeo de Maria Bethânia cantando “Tocando em frente”, de Almir Satter e Renato Teixeira, surgiu certa manhã no facebook, compartilhado por alguém que não conheço. Nem está na minha lista de “amigos”. Automaticamente, liguei o som do vídeo que me levou para o ano de 2008, quando minha mãe, de 91 anos, estava internada num hospital ... Leia Mais »

Depois dos 60 anos, não se faz sexo pelo prazer do momento

Déa Januzzi – Por um momento nossos olhos se cruzaram. Um único instante, depois de tantos anos de acusações, de farpas, de culpas engasgadas na garganta. Por um momento nossos olhos se cruzaram sem a presença de outras pessoas para vigiar, disciplinar, julgar. Nossos olhos se cruzaram por um rápido instante e quase se engoliram. Nossos olhos fizeram sexo como ... Leia Mais »