Tarot da última semana de 2014: A dança dos dias

Entre fogos de artifícios, roupas brancas, beijo e abraço dizemos adeus a 2014

Fogos de artifício, roupas brancas, beijos e abraços: adeus 2014

Alexandre Moreira, Tarólogo

E o ano vai terminar. Mais um ciclo que se completa. Esperanças que se renovam, energias que se auto reabastecem ao soar da meia noite do dia 31. Novas oportunidades, novas chances, novos sonhos, novos dias para serem vividos com renovado entusiasmo e fé.

Entre fogos de artifício, espocar de espumantes de todos os tipos, música para todos os gostos, muita roupa branca, beijos e abraços damos por encerrado 2014 e com ele sepultamos algumas frustrações e umas tantas desilusões. Mas, atentem por favor, nada que nos obrigue e enlutar ou impeça de recebermos, esperançosos o nascimento do Ano Novo, reinvestindo nele com redobrada energia antigos e novos objetivos, ansiosos pela possibilidade de dias ainda melhores.

A cada dia vivido, encerramos algum ciclo, concluímos algum projeto, cumprimos alguma obrigação, fazemos algo novo ou, pelo menos, de maneira diferente do dia anterior. A cada dia temos a chance de corrigir erros, saldar compromissos, aprender com a experiência, encontrar um novo significado nas coisas mais corriqueiras. A cada dia da nossa vida, evoluímos. Aprendemos algo, temos uma nova experiência, ficamos mais sábios, ou mais céticos, ou mais cínicos mas, certamente, mais preparados para o próximo passo, para o dia seguinte, para o próximo ano.

O Mundo, Arcano XXI do tarot, uma figura hermafrodita que dança solta no universo, costuma ser interpretado como “um passo além”, ou seja, o início de um novo caminhar, o lançar-se a uma nova aventura, o prosseguir por um novo caminho carregando e fazendo uso, porém, toda a experiência adquirida anteriormente. Não somos mais tão inocentes ou inexperientes. E não é exatamente isso que fazemos, ou nos propomos a fazer, a cada meia noite de cada véspera de Ano Novo? Ainda que saibamos que as estações do ano acontecerão na mesma sequência de sempre, que há uma considerável possibilidade de a nossa rotina ser alterada, ou que todos os nossos sonhos poderão não se realizar da forma e no ritmo que gostaríamos, aproveitamos a data para renovar, intimamente, nossa confiança de que podemos fazer e ser mais e melhor.

Podemos reabilitar nossas expectativas num mundo mais justo, onde a ética esteja completamente desvinculada dos interesses particulares, onde as pessoas sejam julgadas pelos seus atos e não pelo que são ou pelas suas escolhas, onde a liberdade seja assegurada e as oportunidades sejam acessíveis a todos. Podemos sonhar em fazer aquela viagem há tanto tempo acalentada, ou encontrar um emprego onde possamos realizar nossos talentos, ou encontrar aquele amor para toda a vida. Podemos tudo pois já vivemos outras situações, já experimentamos perdas e ganhos, já rimos e choramos, já nos iludimos e desesperamos. Estamos, então, prontos para “dar um passo além”, caminhar mais conscientes dos perigos e benefícios que iremos encontrar pelo caminho. Seguir adiante cientes de que a cada passo dado vamos cumprindo o nosso destino, aprendendo algo novo, reciclando conhecimentos, abandonando cargas que se provaram inúteis.

Que a Esperança, a Confiança e a Determinação estejam presentes em todos os momentos de todos os ciclos das nossas vidas. Feliz Ano Novo!

Compartilhe este postShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*