Temporada de moda de verão 2019 é das modelos veteranas

A canadense Shalom Harlow. 44: sucesso nas passarelas

Maya Santana, 50emais

Uma tendência que vai se confirmando a cada grande desfile de moda, seja ele em Milão, Nova York, Paris ou Londres: a contratação de modelos mais velhas. Isso se deve, é claro, já escrevi várias vezes aqui, ao fato de a população mundial estar envelhecendo. O número de pessoas com mais de 50 anos cresce rapidamente e o mundo da moda, finalmente, vai abrindo os olhos para esta nova realidade. Neste artigo, a revista Vogue mostra como as veteranas da passarela estão em massa em desfiles mostrando as coleções para o verão de 2019.

Leia:

Enquanto a indústria da moda debate fervorosamente como cuidar de suas modelos menores de idade e se elas devem ou não ingressar na carreira tão cedo, a temporada de moda de verão 2019 parecem celebrar em uníssono a beleza e experiência de suas tops mais veteranas, numa clara mensagem de empoderamento de uma beleza mais madura.

Stella Tennant, a modelo escocesa, 48 muito requisitada pelas grifes

Top models com mais de 35 anos, que até pouco tempo exclusivamente abriam ou fechavam desfiles pontuais, vem dominando as passarelas da temporada, para euforia dos fashionistas que estavam morrendo de saudades de rostos como Shalom Harlow – que desfilou ontem, 21.09, para a Versace, após um hiato de seis anos -. Mas Shalom não é a única top veterana a riscar as passarelas da temporada, no que se firma como uma celebração da mulher mais madura, que se aproxima ou já passou de seus 40 anos.

A Versace aliás, contou com mais rostos de 35+ anos no seu casting, como Saskia de Brauw, de 37 anos (que também desfilou para a Max Mara e posou para o lookbook de verão 2019 da The Row), e Mariacarla Boscono, de 38 anos, que estreou o visual ruivo na passarela da Burberry, que marcou a estreia de Riccardo Tisci na direção criativa da casa italiana.

A americana Carolyn Murphy, 44

Karen Elson, de 39 anos, além de cruzar a passarela de verão 2019 da Max Mara na semana de moda de Milão, também integrou o casting dos desfiles de Michael Kors e da Proenza Schouler, que escalou ainda para o desfile que marcou sua volta ao calendário da NYFW a top veterana Amber Valletta, de 44 anos.

Fechando o time de tops mais maduras na passarela, Carolyn Murphy, de 44 anos, fez parte do casting que festejou os 50 anos de Ralph Lauren em um desfile emocionante que marcou a semana de moda de Nova York. Beleza e experiência de sobra: definitivamente, são as musas da temporada.

Clique aqui para ver a matéria original da Vogue.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*