Turistas brasileiros estão cada vez mais atraídos por Portugal

Cidade do Porto, banhada pelo lendário Rio Douro

Já há algum tempo, Portugal vem se firmando como um dos países preferidos dos brasileiros. O interesse pela terra dos nossos antepassados cresce cada vez mais. Quase 900 mil brasileiros visitaram o pais no ano passado. Motivados pela crise, nunca tantos deixaram o Brasil para ir morar do lado de lá do Atlântico, num país que fala a nossa língua, é muito seguro, não é tão caro assim para se viver e tem um clima considerado muito bom. Antes concentrados nos maiores centros portugueses, como Lisboa e Porto, os brasileiros se espalham por outras regiões, como mostra este artigo de O Globo:

Leia:

Os números não deixam dúvidas: Portugal caiu, definitivamente, no gosto dos brasileiros. Em 2017, 869 mil turistas visitaram o país, um número 39% maior do que em 2016, segundo o Instituto Nacional de Estatística português. Com isso, o Brasil se manteve na liderança entre as nações fora da Europa que mais enviam visitantes a Portugal, seguido dos Estados Unidos, que registrou 685 mil turistas no mesmo período.

Ainda de acordo com o INE, no ranking geral, incluindo os países da Europa, o Brasil está em quinto lugar, atrás de Reino Unido, Alemanha, Espanha e França. No total, Portugal recebeu 20,6 milhões de turistas em 2017, 9% a mais do que no ano anterior. Graças a esse fluxo, o setor de hotelaria cresceu 16,6% e estima-se que os visitantes – incluindo os locais – tenham gerado negócios da ordem de 3,4 milhões de euros.

Em nota, o diretor de Turismo de Portugal no Brasil, Bernando Cardoso, destacou que os brasileiros estão redescobrindo o país “por todos os cantos”.

“Eles não se limitam apenas aos grandes centros como Lisboa e Porto, mas também optaram pelo o interior e as ilhas”, afirmou Cardoso, lembrando que o número de brasileiros no Algarve cresceu 58% e, em Açores, 141%, entre 2016 e 2017. As informações são da Reuters.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*