Unir yoga e exercícios ajuda baixar a pressão e o colesterol alto

Em seis meses, a prática combinada reduz em duas vezes os efeitos da hipertensão e do colesterol alto, segundo pesquisa com 750 voluntários. Levantamento mostrou ainda queda na taxa de mortalidade e de complicações ligadas a doenças cardiovasculares

Maya Santana, 50emais

Que a yoga faz bem todos nós sabemos. Um estudo mostra agora que a prática da yoga faz mais bem ainda se combinada a exercícios aeróbicos, ou seja, andar, correr, nadar, pedalar, dançar, entre outros. “A combinação de yoga e exercício aeróbico reduz o estresse mental, físico e vascular e pode levar à diminuição da mortalidade”, diz Sonal Tanwar, autor do estudo. A combinação também ajuda a baixar a pressão arterial e o colesterol alto, como informa Sara Sane nesta reportagem para o portal Uai.

Leia:

As doenças do coração afetam grande parte da população mundial. Entre as medidas mais recomendadas para evitá-las ou amenizá-las estão cuidar da dieta, fazer checapes regulares, evitar o sedentarismo e o estresse. Um estudo do HG SMS Hospital, na Índia, mostra que combinar atividades que envolvam dois desses cuidados pode ser ainda mais efetivo. Ao acompanhar 750 voluntários, os pesquisadores constataram que juntar exercícios aeróbicos e yoga reduz em duas vezes os efeitos da hipertensão, do índice de massa corporal (IMC) acima do indicado e do nível elevado de colesterol, quando se considera a prática das mesmas atividades isoladamente.

“A combinação de yoga e exercício aeróbico reduz o estresse mental, físico e vascular e pode levar à diminuição da mortalidade e morbidade cardiovascular”, afirma Sonal Tanwar, autor do estudo, apresentado no Congresso da Sociedade de Cardiologia dos Emirados Árabes, em Dubai. Os participantes da pesquisa foram divididos em três grupos: 225 voluntários praticaram somente exercícios aeróbicos; 240, somente yoga; e 285, ambos os exercícios.

Todos os pacientes tinham sido diagnosticados com doença arterial coronariana e diabetes tipo 2 e, ao longo de seis meses, participaram de três sessões semanais das atividades. Depois do experimento, constatou-se que aqueles que praticaram yoga ou aeróbica apresentaram resultados semelhantes na melhora do problema cardíaco. Os voluntários que combinaram as duas atividades tiveram o efeito potencializado.

A doença arterial coronariana ocorre devido à obstrução dos vasos sanguíneos pela presença de placas de gordura. Segundo a cardiologista Maria Janieire Alves, do Instituto do Coração (Incor), a obesidade é um fator de risco para essa complicação cardíaca. Por isso, a importância das atividades aeróbicas para evitar o problema e amenizá-lo. Elas vão melhorar o fluxo sanguíneo, o que leva à diminuição do estresse.

“Quando associada à yoga, que exerce a função fundamental de reduzir a ativação nervosa simpática central no cérebro, é de se esperar que tenha uma potencialização dos efeitos”, explica a médica. O sistema nervoso simpático é responsável por preparar o corpo para responder a situações de estresse ou emergência, conhecidas como luta ou fuga. Ele é ativado na presença de atividades vigorosas. Clique aqui para ler mais.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*