Um número cada vez maior de mulheres se rende ao grisalho

É preciso uma certa dose de coragem para assumir os fios brancos

É preciso uma certa dose de coragem para assumir os fios brancos

Estes dias, fui almoçar com uma amiga na casa dela. Estávamos terminando a sobremesa, quando a campainha tocou. Era a cabeleireira, que a cada três semanas, no máximo, aparece para pintar a raiz do cabelo da minha amiga. Embora esteja perto de completar 65 anos e já tenha os cabelos completamente grisalhos, ela se recusa a interromper o uso de tinta para cobrir os fios. “Eu faço o estilo despojado. Tenho medo de, com os cabelos brancos, ficar parecendo desleixada”, me disse, acrescentando: “Acho que cabelo grisalho é para quem é elegante, se cuida muito. Não é o meu caso”. Muitas mulheres pensam como essa minha amiga. Mas um número cada vez maior delas vai se rendendo ao tempo, como mostra este artigo do portal ig.com.br.

Leia:

Nessa, o branco já tomou conta

Nessa, o branco já tomou conta

Assumir os fios brancos exige uma boa dose de coragem e seria coisa impensável há alguns anos. Hoje, no entanto, “essa tendência de exibir looks ousados com cabelos brancos e grisalhos tomou conta – literalmente – da cabeça de muitas mulheres, especialmente na Europa e, sobretudo, entre as mulheres maduras que são mais confiantes de sua beleza”, informa o cabeleireiro Rogério Gerevini, do Fabrica Hair Salon NYC.

Bonitos cabelos longos, trocando de cor

Bonitos cabelos longos, com partes mais escuras

Ousadias à parte, se você acha que abrir mão da tintura é relaxar nos cuidados e nunca mais se preocupar com os cabelos está bem enganada. Cabelos grisalhos exigem generosas doses de atenção e de vaidade para que fiquem sempre bonitos e não lembrem em nada “cabelos de avó”. Ao contrário, a tendência é explorar ao máximo as tonalidades de cinza e exibir cabeleiras brilhantes e cheias de bossa.

Eu adorei esse cabelo crespo tão branquinho

Gosto muito desse cabelo crespo branquinho

Como fazer a transição da cor original do cabelo para o branco
Não é fácil. Um bom jeito para quem gosta de atitudes radicais é tosar o cabelo bem curtinho e esperar que cresça já na nova tonalidade. Camuflar também é uma alternativa. Converse com seu cabeleireiro sobre a possibilidade de tingir a raiz com uma tintura semi-permanente (que não cobre totalmente os brancos e é mais fácil de sair) durante o processo de mudança de cor para diminuir o contraste entre os fios antigos e os novos.

Cabelo anelado com todo o seu charme

Cabelo anelado, com os cachos ficando grisalhos

Cabelos brancos ressecam mais: hidratação em dobro
Os cabelos brancos tendem a ser mais ressecados do que os pigmentados naturalmente. Resultado: frizz à vista e bad hair days a perder de vista. Nada que alguns cuidados básicos não resolvam e, mais importante, desanimem você. “Um bom corte, shampoos, condicionadores e máscaras de tratamento nutritivos, além de hidratações periódicas no salão vão devolver a maciez e o brilho natural do cabelo”, aconselha Rogério.

Longas madeixas complemente grisalhas

Longas madeixas complemente grisalhas

O que fazer para o cabelo branco não ficar amarelo
“O principal cuidado é manter o tom do cabelo grisalho o mais natural possível e, ao mesmo tempo, evitar o amarelado, que costuma ‘tingir’ os fios depois de algum tempo”, confirma o cabeleireiro. “É para isso que existem shampoos específicos, facilmente encontrados em lojas especializadas ou em salões”, sugere ele. Em excesso, no entanto, esse tipo de produto tende a deixar os fios com uma tonalidade azul ou arroxeada, portanto não exagere no uso. Uma pequena dose semanalmente é suficiente para preservar o belo tom prateado dos seus cabelos.

Um corte mais curto, com o cabelo quase todo tomado pelo branco

Um corte mais curto, com o cabelo quase todo tomado pelo branco

Cabelo branco vai combinar comigo?
Em geral, fios grisalhos não combinam com cabelão, embora essa alternativa seja cada dia mais comum e, de fato, algumas longas cabeleiras cinzas fiquem belíssimas. Antes de arriscar-se nos fios longos, no entanto, prefira um corte bem moderno, médio ou curto, com pontas repicadas e muito movimento. “Os cortes médios ou curtos proporcionam um visual mais clean e elegante”, reforça o profissional. A manutenção do corte também é essencial: 6 a 8 semanas, no máximo.

Curtíssimo, mas cheio de charme

Curtíssimo, sem perder o charme

E se não ficar bom? É possível reverter? Claro, é só tingir de novo. Como alternativa, os fios brancos funcionam bem tanto como cor de fundo para um loiro mais claro, como para mechas claras em um cabelo escuro.

O estilo da atriz Jamie Lee Curtis

O estilo da atriz Jamie Lee Curtis

Um contexto fashion e moderno para um visual elaborado
Você já reparou que as mulheres bacanas que hoje assumem os brancos estão sempre com um look descolado? Tem que ser. Do contrário, o risco de sumir no meio da multidão e parecer desleixada é grande. Felizmente, dá para chegar lá com pequenos truques que não vão roubar preciosos minutos da sua agenda. Escolher as cores das roupas com cuidado já é meio caminho andado. Para não ficar completamente apagada e com cara de doente, evite tonalidades da família do bege, do verde-oliva e dos tons de mostarda. Aposte no preto, no branco, nas nuances de cinza e nas cores mais vibrantes como vermelho, roxo, azul, maravilha só para citar alguns exemplos.

Esse, a meu ver, é um dos mais bonitos

Esse, a meu ver, é um dos mais bonitos

A maquiagem também não pode ser esquecida. Nada muito exagerado. Para não dar muito trabalho, um toque de blush já ajuda bem. Mais uma vez, vale o conselho: fique longe dos beges e dos tons muito naturais, próximos à cor da pele. Nuances de pêssego, apricot e rosados sempre caem bem. Os tons de coral, idem. Acessórios descolados também ajudam. Invista em tudo que fuja do look “não estou nem aí”. Brincos grandes, coloridos e com design contam pontos. O mesmo vale para colares e pulseiras.

Compartilhe!

29 comentários

  1. Eu já aderi ao cabelo branco…

  2. Se engana quem acha que cabelos brancos são sinônimo de desleixo. Hoje quem opta pelos cabelos brancos sabe que é preciso redobrar o cuidado com o visual. No meu caso, quis mostrar que a opção de deixar os cabelos brancos não tinha nada a ver com desânimo, muito pelo contrário, foi uma celebração de uma nova fase de vida. Quem passa ou já passou por este processo, sabe muito bem do que estou falando. Depois que fiz a minha opção estou me sentindo muito mais estilosa, mais cuidadosa com o meu visual. Não saio sem maquiagem, mesmo que seja leve. Você recebe elogios e muita reprovação, mas o importante é você se sentir bem. Este é o ponto, quando você se mostra segura, bonita e de bem com a vida, dá coragem para outras mulheres fazerem o mesmo. É uma experiência surpreendente.

  3. Assumi os meus. São muitos, desde os meus dezoito anos!
    Acredito estar recebendo mais elogios com os brancos, que os mal tratados tingidos a cada vinte dias!

  4. Noemi Simei da Silva amorim

    Amei essa reportagem, estou querendo deixar de pintar, e agora acho que decidi, vou assumir os brancos. Foi muito importante a dica das cores das roupas. Obrigada!!!

  5. Rosa Maria Walesko Fontes

    Cabelos brancos é liberdade, liberdade de se assumir, liberdade da tirania das tinturas, liberdade de expressão, onde a gente diz: – Sim sou madura, meus fios brancos marcam a minha trajetória nesta vida, marcam as minhas experiencias vividas, marcam sim a minha idade e feliz da quele que chegou a idade de ter cabelos brancos, muitos morrem antes disto.

  6. Importante usar o cabelo do jeito que se quer. Isto é liberdade, sem normas vindas de outros. O cabelo é seu e está no seu corpo, por mais óbvio que possa parecer. Os motivos para pintar ou não também são de sua escolha. Decidi parar de pintar desde os 47 anos. Sinto-me bem para seguir em frente assim. Se mudar de ideia e resolver pintar certamente não será para esconder a velhice ou camuflá-la. Mudar de ideia é uma possibilidade ao nosso alcance. Mulheres assumam a sua liberdade! Ela é maior e mais importante do que a opinião de seja lá quem for que queira dar palpite na sua vida. As outras pessoas podem pensar diferente, podem gostar ou não das nossas decisões. Mas quem bate o martelo sobre nosso corpo somos nós.

  7. Mais um comentário a fazer…Atentem para as normas que rapidamente começam a formular sobre nossa decisão de usar os cabelos grisalhos! Que só valem os curtos, que tem que tratar assim ou assado, que tem que redobrar na aparência por causa disto ou daquilo. Todo e qualquer cuidado extra, ou corte de cabelo, ou uso de acessórios é uma escolha da dona do cabelo. Não é pq vc decidiu assumir a grisalhice que TEM QUE se submeter a ditadura da beleza. NÃO e Não. Se a pessoa só quis deixar o cabelo ao natural e não é dada a grandes cuidados ela vai seguir do deu jeito. Toda a liberdade da pessoa para cuidar do seu visual do seu jeito. Isto é intransferível. Liberdade inclusive para ser desleixada….com licença!

  8. Nossa!!! A Marília arrasou, disse tudo!!!

  9. Penso justamente como Marilia, deixar os cabelos brancos é aceitar seu visual real .

  10. O termômetro não são os elogios ou os comentários de pessoas próximas. O termômetro é como somos tratadas na rua e quando entramos numa loja. Já fiz a experiência e posso afirmar, quando ostento um cabelo com uma boa coloração, sou mais bem atendida em qualquer lugar. Em nome da liberdade, poderíamos sair às ruas de pijamas. Respeito quem curte e se sente bem. Até aplaudo. Mas comigo ainda não funcionou.

  11. Denise Gonçalves Vieira

    Amei achar esse blogue.
    A muitos anos venho tentando deixar o branco prevalecer mas insegura da coragem por muitas vezes ser criticada quanto a essa opção, desisto e pinto mais uma última vez.
    Agora sim.
    Vi/li o que precisava ler.
    Não vou pintar mais.
    Tenho aliadas.
    Obrigada.
    Abraços
    Dê!

  12. Ivani Aparecida Stanchi

    Gosto dos meus cabelos brancos e compridos!

  13. Aderi meus grisalhos este mês e estou amando meu novo visual

  14. Tenho 62 anos, e tinjo meus cabelos desde 30 anos, estão louros, Mas aquele arquinho na frente próximo ao rosto esta cada vez mais difícil de tonaliza-lo. Estou com muita queda de cabelo, esta fino e não suporto o cheiro das tintas. Estou intoxicada. Estou á quase 1 mês sem tintura, criei coragem depois de ler as reportagens deste blog e os comentários encorajadores. É uma decisão muito grande, estou vendo renascer uma outra pessoa. . Só não decidi quanto ao corte, estão na altura do ombro e não fico bem com cabelo curto, tenho pescoço longo. Mas estou mais leve, vou suportar.

    • Força amiga Sueli. Vai conseguir em nome da sua saúde que não tem preço ! Dizem q o organismo absorve as tintas q podem afetar o fígado e outros órgãos ?!?! O cheiro das tintas já dá uma ideia. Tbm estou há um mês sem pintar, desde antes do Natal. Estou adorando o contraste. Não mais químicas !

  15. Amo cabelo…sempre foi curtinho mas 2anos q n corte e agora resolvi deixar os brancos reinar.

  16. Laureni Lucia Leal da Silva

    TODAS LINDAS EU JÁ USO MEUS GRISALHOS A MUITO TEMPO.

  17. Desde que assumi os cabelos brancos só tenho recebido elogios, muitos mais do que quando me preocupava em manter uma cor artificial. E me sinto também muito mais bonita, charmosa, enfim, gosto mesmo do que vejo quando olho no espelho!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.