Ainda dá tempo de pegar carona numa estrela e saudar o novo ano

Tendo a Estrela de Belém como guia neste início de 2016, deixaremos de lado o computador, o facebook ou qualquer outra forma de tecnologia

Tendo a Estrela de Belém como guia neste início de 2016, deixaremos de lado o computador, o facebook ou qualquer outra forma de tecnologia

Déa Januzzi

Ainda dá tempo de pegar carona em uma estrela e saudar o novo ano, pois só Ela pode mostrar o caminho. Assim como fez com os reis magos Belchior, Baltazar e Gaspar que estavam perdidos, pois não sabiam onde encontrar Jesus, Maria e José. Então, uma estrela nasceu no céu para orientá-los até Belém.

Tendo a Estrela de Belém como guia neste início de 2016, deixaremos de lado o computador, o facebook ou qualquer outra forma de tecnologia. Toda a violência e frustração que se abateu sobre nós. Toda a desesperança, angústia e depressão. Deixaremos de lado, mesmo que por instantes, as dúvidas, o medo, a mediocridade, os remédios da felicidade instantânea. Como a ritalina que transforma crianças inquietas e inteligentes em zumbis. Como os antidepressivos e outros fármacos pesados como o lítio, que colocam os jovens em fôrmas da normalidade. Por instantes, expulsaremos deste mundo contemporâneo os gritos de dor, os urros da incompreensão eda intolerância, os gemidos do preconceito. Deixaremos para trás os estereótipos e padrões, o anteontem das coisas, a amargura da existência, os grilhões, a hipocrisia, as mentiras, a ilusão do poder.

Por instantes,vamos olhar firmemente para o Céu, onde quer que estejas. Na Região da Savassi ou da Pampulha, no Aglomerado da Serra, na Praça Sete ou na Avenida Afonso Pena. Em Londres ou Paris. No Paquistão ou na África.Em Israel ou Síria. Vejamos o brilho que emana dessa estrela, que veste cada um de nós com um manto transparente.

Veja o som universal que ecoa dessa estrela. Sinta-se protegido, abraçado por essa luz sagrada. É hora de encontrar o caminho, a partir desse sinal que vem do Céu. Todos vão parar e contemplar a estrela-guia.

Com a ajuda dos astros celestes vamos refazer a trajetória. Além do ouro, do incenso e da mirra, que levam à prosperidade, à limpeza interna e ao perfume dos anjos, vamos enviar sinais que estão guardados no coração.

Hipnotizados pela luz da estrela-guia, vamos fazer a faxina da alma e colocar intenções novas que serão envolvidas pela bondade,justiça, verdade, transparência, solidariedade, partilha, escuta, neutralidade, cuidado, aconchego, paciência, sorrisos, humor e simplicidade. Saúde, silêncio,respeito, verdade, bênção, fé,honra e caráter. E tantos outros valores que foram relegados à quinta categoria.Protegei, estrela-guia, os órfãos adultos e os velhos trôpegos. Que eles encontrem abrigo nos braços dos filhos, que não sejam depositados em asilos como bois num matadouro, que haja um lugar para o crepúsculo da existência. E raios de sol para esquentar os ossos que começam a congelar no inverno da vida.

E se não for pedir muito, que a estrela-guia ilumine as mães que criam filhos sozinhas. Que dê luz aos filhos sem pais que são obrigados a encontrar limites em hospitais psiquiátricos, camisas de força e medicamentos de última geração, para aplacar o que não pode ser medicado. Que a estrela-guia mande raios de luz para o coração de certos homens que só sabem ser pais por telefone. Que acham que existe ex-filho.

Estrela-guia, ilumine o coração dos políticos para que deem a esse País o que seus moradores merecem. Que a sua luz apague a intolerância, o escárnio e a mentira. Que não se repitam tragédias como a de Bento Rodrigues, em Mariana, que os rios não morram de sede e vomitem lama. Que os empresários saibam o peso da palavra responsabilidade. Que as diferenças sejam aceitas, porque eu não tenho partido, mas “um coração partido”, como disse Cazuza. Que artistas como Chico Buarque sejam intocáveis. Que as suas letras e músicas sejam cantadas e não usadas em vão por eleitores em guerra.

Que os políticos vejam o planeta como a redenção dos homens e não como apocalipse. Ah, estrela-guia, gostaria que a sua luz se esparramasse por todos os lados, pelos cantos das florestas, pelas margens dos rios, pelo fundo dos oceanos, pelos fluidos das cachoeiras, pela copa e raiz das árvores centenárias, pelo vento e pela sombra, pelo sol e pela lua, pelo movimento das estrelas, pelas nuvens que passam, mas deixam o Céu azul.

Ah, estrela-guia, que seus raios iluminem os loucos, os marginalizados, os excluídos, os renegados, os deserdados, os sem pais, os sem filhos, as mães sozinhas e os casais que sabem o que é a comunhão de desejos e de projetos, que sabem como educar e construir uma família saudável. Se nãofor pedir demais estrela-guia, protegei-nos assim na Terra como no Céu. Amém!

0 Compart.

2 comentários

  1. Lindo texto , Déa. Bjs.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*