Bate papo de setentonas faz sucesso na internet

Costanza Pascolato, 74, e Marilu Beer, 74, não tem papas na lingua

Costanza Pascolato, 74, e Marilu Beer, 74

Amigas há décadas, Costanza Pascolato, italiana, e Marilu Beer, argentina, tiveram essa ideia genial, de bater papo na internet, passando adiante suas ideias e opiniões. Sentadas cada dia em um sofá diferente, as setentonas (ambas de 74 anos) falam de tudo: moda,boas maneiras, amor, comida, sexo, brasilidade, família e qualquer outro assunto da hora. A série, iniciada em abril deste ano, apresenta dois episódios por semana. Como as duas são personalidades admiradas, estão fazendo sucesso.

Leia o artigo de Jairo Goldflus, publicado neste domingo por O Globo:

Costanza Pascolato e Marilu Beer são amigas desde os anos 60. Uma é italiana, empresária, referência absoluta de elegância no país. A outra é argentina, artista plástica, deliciosamente despojada e espontânea. Juntas, elas têm conquistado novos fãs ao mesmo tempo em que surpreendem os antigos com a web série “Costanza e Marilu”, sucesso no YouTube, com novos episódios já gravados na Toscana e convite para um programa na TV. São frasistas irresistíveis, sem receio de ir contra o politicamente correto: “Estamos na idade do ‘sincericismo’”.

O que mais se comenta é a forma espontânea como a conversa de vocês se desenvolve.

COSTANZA: Somos amigas, não temos um script. Não sabemos o que vamos falar…

MARILU: Deixa que eu explico, Costanza. O programa é como o ABC do Deleuze. Há uma palavra que guia cada episódio. A partir dela, vamos conversando, falando o que pensamos. São três temas para cada letra do alfabeto. Já chegamos ao D.

COSTANZA: Jura que são três para cada letra? Eu nunca percebi isso! Acho que o mais fantástico é a edição da Paula (Trabulsi, diretora do programa), uma espécie de milagre.

Já tinham pensado em ter um programa, na web ou na TV?

MARILU: Eu sempre quis ser artista, já me imaginei sentada no sofá conversando com o Almodóvar. Eu pensei: “Estou velha, não fiz plástica, faço o tipo dele. Então, essa é a minha última chance de ser vista pelo Almodóvar!”.

Vocês têm feito tanto sucesso que é capaz dele já tê-las visto.

COSTANZA: Depois que os episódios foram ao ar, aonde eu vou me perguntam se levarei a Marilu.

MARILU: A maravilha da internet é que ela chega a todos os lugares. Tem gente que faz fila, pede foto, autógrafo. Uma mulher me parou em Florença para dizer que queria me conhecer. Acredita?

COSTANZA: Eu sou uma pessoa visual; a internet tem me ajudado a entender o que as pessoas gostam. Fiquei impressionada como tem gente de expressão sem nenhuma sensibilidade. E vice-versa! Clique aqui para ler mais.

Compartilhe!

3 comentários

  1. Mulheres vibrantes, inteligentes e de fino trato.

  2. Maravilhosas, parabéns

  3. O maia impressionante e maravilhosmaravilhoso é a mensagem de força e independência que faz necessário para emporar as mulheres.
    Infelizmente no Brasil se impera ainda homens que não resistiram as mulheres inteligentes, independentes e seguras.
    Parabéns.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.