Brasileiros, famosos e anônimos, pedem desculpas a Brigitte

Maya Santana, 50emais

Brigitte, 66, professora, três filhos do primeiro casamento, é considerada muito inteligente

Mesmo quem é contra a França em toda essa confusão envolvendo os presidentes dos dois países admite: golpe sujo esse de usar a idade da mulher de Emanuel Macron, 41, Brigitte, 66, como forma de agredir o Presidente francês. Desde antes dele assumir a presidência da França, em junho de 2017, Brigitte já vinha sendo motivo de chacota, pelo simples fato de ser 25 anos mais velha que o marido.

Na época, jornais do mundo inteiro fizeram todo tipo de brincadeira de mau gosto, publicaram charges e piadas as mais grosseiras. Como se tivesse alguma importância para a política internacional a idade da mulher do líder francês. No nosso caso, a Amazônia esta queimando, o que é que Brigitte tem com isso? E no que é que isso pode ajudar a apagar os focos de incêndio?

O mais curioso é que, se Brigitte é 25 anos mais velha que Macron, Bolsonaro, 63, tem 26 anos a mais do que Michelle. Mas aí, vale a lógica machista: ele pode. Ela não.

Leia também: Brigitte, mulher de Macron, tem 25 anos a mais do que ele

Michelle Bolsonaro, com quem Brigitte foi comparada, tem apenas 37 anos

Indignados, muitos brasileiros, gente famosa e gente desconhecida, se engajaram em um movimento, iniciada anteontem, cuja finalidade é pedir desculpas aos franceses e à primeira dama – ela foi professora de Macron. Os dois estão juntos desde 2007. Brigitte, inclusive, teve papel importante na campanha eleitoral de 2017, que acabou levando Macron à presidência da França.

O escritor Paulo Coelho, residente em Genebra, na Suiça, foi um dos primeiros a se manifestar. Ele gravou um vídeo em francês, no qual pede desculpas aos franceses pelo que chamou de “grosseria” do presidente brasileiro. Outros brasileiros utilizaram a hashtag #PerdãoBrigitte ou # PardonBrigitte para se manifestar em favor do respeito e da civilidade.

Leia o artigo publicado por O Globo:

Depois de o presidente Jair Bolsonaro fazer um comentário considerado sexista em uma postagem de um seguidor seu na internet — que comparava a primeira-dama da França, Brigitte Macron, à mulher de Bolsonaro, Michelle —, muitos brasileiros usaram as redes sociais para pedir desculpas ao casal francês pela postura do chefe de Estado brasileiro.

O post da discórdia : azedou de vez as relações entre os dois presidentes. Bolsonaro, depois da polêmica, apagou o seu comentário

A hashtag #DesculpeBrigitte — com as variações #DesculpaBrigitte e sua versão em outros idiomas, em especial em francês, #PardonBrigitte — foi usada milhares de vezes em diversas plataformas, principalmente no Twitter, no qual chegou aos trending topics — os assuntos mais comentados da rede.

‘Mulher não é um prêmio’: Estudiosas de gênero rebatem comentário de Bolsonaro sobre primeira-dama da França

O movimento começou a aparecer na internet na segunda-feira e se intensificou nesta terça. Ele foi reforçado por dois abaixo-assinados de brasileiras que moram na França. O “Grupo Mulheres do Brasil”, com 40 mil integrantes, e o “Brasileiras de Paris”, com cerca de 5 mil.

Os dois casais no centro da polêmica franco-brasileira

“Repudiamos qualquer tipo de atitude sexista ou machista e achamos que o dever de um presidente é repelir comportamentos deste tipo em vez de referendá-los”, escreveu o primeiro grupo. “De forma suprapartidária e a favor do diálogo, nos colocamos à disposição do presidente Jair Bolsonaro para apresentar dados sobre desigualdade entre gêneros, violência contra a mulher e misoginia”, completou o “Grupo Mulheres do Brasil”.

Leia também: Por que a primeira dama da França vem sofrendo tanto bullying

O ator Bruno Gagliasso também comentou a fala de Bolsonaro: “Perdoe-nos, Brigitte Macron. Nós estamos envergonhados com essa postura dos nossos representantes. Esta não deveria ser a atitude de um chefe de Estado”, publicou o ator, também em francês.

O site do jornal “Le Parisien” relata que a primeira-dama francesa ficou emocionada com as mensagens de apoio que recebeu de brasileiras e brasileiros pela internet.


Compartilhe!

6 comentários

  1. Rosely Fernandes de Araújo

    Pardon Mandame Brigitte Macron. Pela grosseria proferida Por este Sr. Presidente sem postura. Eu como Brasileira me sinto envergonhada por essa atitude tão ignorante grotesca chula e inconsequente.

    • faço de suas palavras as minhas…lamentável.

    • Matéria totalmente desnecessária…vão se preocupar com coisas importantes como a corrupção do STF tentando acabar com quem quer realmente moralizar o país. Adoram fazer um escarcéu com qualquer coisa q o presidente fale e passaram 16 anos aguentanfo dois ignorantes falando tudo q era asneira enquanto saqueavam o Brasil. Tomem vergonha na cara e sejam brasileiros e nao seguidores de seita.

      • De um homem ( ou mulher) sem representatividade fazer um comentário deste tipo é de uma pobreza e mediocridade absurda….o que dizer de um presidente…

      • Tania, por favor, esse espaço é para discutir ideias e não para as pessoas agredirem umas às outras. Cada um tem suas próprias opinião. E, mesmo que a opinião seja diferente da nossa, temos que respeitar. O respeito é fundamental é qualquer relacionamento. Grande abraço para você!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.