“Cabelo de vovó” é moda e requer rotina de cuidados especiais

Kelly Osbourne, Rita Ora e Pink foram algumas das famosas que adotaram o visual

Kelly Osbourne, Rita Ora e Pink foram algumas das famosas que adotaram o visual

Uma grande ironia: quem tem quer esconder. Quem não tem finge que tem. É o caso do cabelo grisalho que, segundo este artigo de Juliana Simon, do UOL, virou moda entre a turma mais jovem. O chique agora é aparecer com o cabelo como as três da foto acima. Cabelo branco definitivamente está na moda. Acho ótimo porque, já disse isso num outro post, decidi não mais pintar o meu cabelo. Aos 65 anos, resolvi fazer a experiência. Se gostar, levo adiante o branco na cabeça. Se for o contrário, volto a pintar. Foi o acordo que fiz comigo mesma para ter coragem de assumir meus cabelos grisalhos.

Leia o artigo:

Se para muitas mulheres os fios brancos são motivo de pavor, para outras falamos em “look-desejo”. Sucesso na cabeça de famosas, a tendência “granny hair” (“cabelo de vovó”) chegou às anônimas e virou hit nos salões. Só que não bastam vontade e tinta. O UOL procurou profissionais para saber quais são as melhores referências e como adotar o visual sem perder a beleza e a saúde do cabelo.

Olivier Costa, hair stylist do Espaço Vip (RJ), e Fabinho Araújo, do Salão Criar (SP), apontam que a cor está em alta principalmente entre jovens que procuram visuais mais ousados e que “seguram” o look. Quanto ao tom de pele, não há restrições. “Desde que a pessoa esteja bem produzida, não atrapalha”, diz Atilla Rafael, do Studio Tez Spa do Cabelo (SP).

Entre as famosas, eles mencionam Kelly Osbourne, Pink e Rita Ora como exemplos de sucesso, pois adotaram a cor de forma plena e com naturalidade. A ousadia também é bem vista em “camaleoas” como Lady Gaga, Ariana Grande e a brasileira Ludmilla.

O processo

Olivier explica que o método utilizado para o cabelo ficar branco é a descoloração máxima (loiro claríssimo). Na sequência, é feita uma tonalização com nuances acinzentadas e, se necessário, uma combinação de mais tons para que o loiro fique claro, e não amarelo ou até esverdeado –como acontece ao descolorir incorretamente os fios mais escuros.

Os profissionais alertam que se trata de um procedimento bastante agressivo. “Como profissional tenho minhas ressalvas: ressaca muito o cabelo, e quanto mais escuros os fios forem, pior para descolorir”, lembra Fabinho.

E depois?
Na manutenção, o grande segredo é fugir do desbotamento e do amarelo. Os especialistas indicam investir em xampu matizador e máscaras silver, que contêm pigmentos violeta e neutralizam o fundo de clareamento. Além da tonalização no salão uma vez por mês.

Compartilhe!

Um comentário

  1. Que bom que temos os brancos naturais!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.