Calor senegalesco leva multidão às praias do Rio

[tribulant_slideshow gallery_id=”23″]

Maya Santana

Poucas vezes senti o Rio tão quente. Poucas vezes vi as praias tão apinhadas de gente, que veio à cidade curtir o réveillon e praticamente não arredou o pé da beira do mar, porque o calor não deixou. Neste sábado, o jornal O Globo publicou uma foto impressionante, no alto da primeira página, com o título “Serra Pelada no Arpoador”: um formigueiro de pessoas disputando espaço na enorme pedra que separa Copacabana e Ipanema.

Depois do carnaval, esta é a época em que o Rio recebe mais turistas. É também o período mais quente na cidade. Afinal, estamos em pleno verão. Quem não tem ar condicionado em casa passa maus momentos. Nesta sexta-feira, a sensação térmica em Guaratiba, na região oeste, às 10 e meia da manhã, era de 47 graus. Em Ipanema e no Leblon, era quase impossível achar um pedacinho na areia para instalar a barraca e a cadeira. Muita gente ficou lá até a noite.

Nestes dias de calor fora do normal, o corpo de bombeiros não tem sossego. De acordo com o Globo, somente nos últimos três dias de 2014, a corporação realizou 830 operações de salvamentos na orla. Mas, para alegria dos moradores do Rio, as temperaturas devem baixar a partir de hoje. A previsão é que chegue uma frente fria trazendo chuva, à tarde. No domingo, a temperatura máxima deve ser de 35 graus. Graças a Deus!

Compartilhe!

Um comentário

  1. Que loucura, muito demais para o meu gosto,……….

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.