Com uma infinidade de estampas e cores, a máscara cria um estilo

Como o uso da máscara é obrigatório e, ao que tudo indica, ela veio para ficar, é preciso levar em consideração o seu impacto na aparência

Como usar máscaras de tecido estilosas para compor um traje. É isso o que ensina Cláudia Rozembrá neste artigo sobre como harmonizar a máscara nossa de todo dia com a roupa que estamos vestindo. Como a epidemia do novo coronavírus não dá sinal de quando vai chegar ao fim, é cada dia maior a variedade de máscaras, agora vendidas em qualquer lugar: tamanho, textura, estamparia, modelo, tipo de tecido – elas estão por toda parte, com preços que variam muito.

Leia as dicas de Cláudia Rozembrá:

Como o uso da máscara é obrigatório e, ao que tudo indica, ela veio para ficar, é preciso levar em consideração o seu impacto na aparência

Há alguns meses, as máscaras passaram a fazer parte da rotina de todo mundo e quase todos os modelos seguiam um padrão discreto. Básicas, cores neutras e de algodão, com o decorrer da pandemia e depois do Governo do Estado tornar obrigatório o uso das máscaras em locais públicos, elas foram ganhando uma infinidade de cores e estampas diferenciadas.

O que muita gente não se deu conta ainda é que as máscaras de tecido, assim como a roupa que vestimos, podem interferir na imagem e na impressão que você causa. Por isso, é importante estar atento na hora de escolher a máscara para sair de casa e levar em consideração a sua identidade visual, aquilo que já é consolidado no seu estilo.

O resultado da combinação fica por conta da criatividade de cada um

Se você tem um estilo mais clássico, romântico, descolado, casual, fique atento e escolha estampas e cores que te representam. No site da Hold UP há uma uma coleção extensa de máscaras para todos os gostos.

Veja também: Vantagens de se usar máscara, além da prevenção ao novo coronavírus

Como combinar máscara com os trajes do dia a dia?

Veja este estilo, diferente dos outros e muito interessante

Como o uso da máscara é obrigatório e, ao que tudo indica, ela veio para ficar, é preciso levar em consideração o seu impacto no look e usar critérios para que ela não sabote a sua imagem.

  • Profissão: O primeiro critério a ser levado em consideração é a sua profissão. Cores vibrantes e estampas de bichinhos não combinam com reuniões sérias, onde é necessário transmitir credibilidade e confiança. Estampas de figurinhas, flores e animais vão comunicar uma mensagem mais divertida e informal e podem ser usadas por profissionais de ensino, pediatras e em outros ambientes mais descontraídos.
Máscara com motivos amarelos e fundo preto, combinando com o vestido
  • Acessórios: a máscara de proteção  é um acessório que ocupa grande parte do rosto e do mesmo jeito que não faz sentido usar batom quando se está de máscara o mesmo vale para alguns tipos de brincos, principalmente os maxis brincos, aqueles grandões. Fica muito mais harmonioso investir em colares, anéis, pulseiras e até tiaras na hora de compor a produção com as máscaras.
Cada uma combina da maneira que achar mais charmoso
  • Cores: é importante observar se as cores da máscara e da roupa brigam entre si. Priorize a cor da máscara da mesma cor ou tonalidade de uma das peças do look, seja a camisa ou calça.

Veja também: Lilian Pacce, jornalista de moda: a máscara será a nova camiseta

  • Estampa: você pode usar e abusar das máscaras para o rosto estampadas. Elas podem fazer a diferença naquele look jeans ou all black, por exemplo. É só usar a criatividade.
O mais importante é você se sentir confortável com a combinação

Use máscara com estilo e responsabilidade

A orientação dos infectologistas é que tenhamos sempre mais de uma máscara de tecido porque elas devem ser usadas por no máximo duas horas. Então, você pode ter várias peças de cores e estampas diferentes para combinar em qualquer ocasião. 

Camilla, mulher do Príncipe Charles, usando mascara com tons do vestido

Seja de animal print, de bolinhacolorida ou de personagem, se você estiver à vontade e atender ao seu estilo, se joga nas possibilidades e tenha uma de cada no seu guarda-roupa. 

Veja também: Depois de 100 dias escondida do vírus em Minas, voltei para casa no Rio

62 Compart.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.