Depois do óleo de côco, é o óleo de avestruz que está na moda

O avestruz chega a pesar mais de 150 quilos e já é criado no Brasil

O avestruz chega a pesar mais de 150 quilos e já é criado no Brasil

Maya Santana, 50emais

A busca de substâncias que possam ajudar o ser humano a viver mais e melhor tornou-se incessante. A toda hora a gente vê novos produtos “bons para a saúde” serem anunciados. Até pouco tempo, era o óleo de coco que estava em evidência. Eu mesma, influenciada por uma das minhas muitas irmãs, estou usando o óleo de coco para fazer bochechos de manhã e à noite. Com sabor delicioso, é fácil ficar com ele na boca durante 15/20 minutos. A sensação de limpeza é imediata e a cor da gengiva fica mais viva. Agora, leio que a bola da vez não é mais o óleo de coco, mas o de avestruz, “capaz de regenerar o organismo”, dando a quem usa “mais energia e vitalidade”. Isso, porque é um dos poucos produtos naturais com ômegas 3, 6, 7 e 9. Outros benefícios são enumerados neste artigo do portal G1.

Leia:

O óleo de coco e o de peixe já conquistaram muitos em busca de uma vida saudável. Agora, o de avestruz promete benefícios para todo o corpo — pele e cabelos inclusive. Por ter em sua composição ômega 3, 6, 7 e 9, vitaminas A e E, tem condições de atuar na regeneração do organismo. Essas substâncias agem ainda como anti-inflamatório com benefícios para a memória, sistema cardiovascular e digestivo. Comercializado como suplemento alimentar e em cosméticos, e certificado pela Anvisa, promete ainda energia e vitalidade.

O óleo é usado para fazer cosmésticos e também na culinária

O óleo é usado para fazer cosmésticos e também na culinária

— O óleo é o único que contém os quatro ômegas (3, 6, 7 e 9) e atua ainda no controle de colesterol e do açúcar. Tenho resultados muito bons com meus pacientes. É um alimento natural, funcional, mas não é medicamento — diz o médico ortomolecular José Henrique Tamburini.

Mas por que o avestruz? Segundo a Amazon Origin, empresa que comercializa o óleo, o animal é um dos que apresentam maior resistência imunológica. O óleo pode ser dissolvido em chás, água ou adicionado na comida. A banha, que tem os mesmos componentes do óleo, pode ser adicionada no feijão ou na sopa após a preparação, por exemplo.

Acompanhamento médico
A nutricionista Gisele Paiva lembra que o uso do produto deve ser feito com acompanhamento para adequar a quantidade às necessidades de cada um.

— Cada ômega tem um benefício específico, mas todos são ácidos graxos, que reduzem os radicais livres e podem diminuir envelhecimento, entre outras coisas. Mas sozinho o óleo não é milagroso. Se usado de forma excessiva pode fazer o efeito contrário, como aumentar o colesterol — alerta a nutricionista da Clínica DrummonDermato. — Como não temos os ômegas muito presentes na nossa alimentação, na dosagem ideal, podem haver benefícios em muitos aspectos — afirma Gisele.

oleo-de-avestruz

Clique aqui para ver como usar.

0 Compart.

2 comentários

  1. Adorei O post fala sobre Oleo de Avestruz que e fonte de omega 3 , omega 6, omega 7, omega 9 vitaminas A e B1, o sabor ficou o mesmo e eu adorei pois alem dessa receita espetacular melhorei ainda mais minha saúde.
    http://www.myhealthlife.com.br

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*