Descubra por que o cálcio é vital depois dos 50

O leite é um dos alimentos com maior teor de cálcio

O leite é um dos alimentos com maior teor de cálcio

A fórmula é conhecida, mas continua sendo mágica: exercícios físicos, consumo de cálcio e exposição adequada ao sol são vitais para quem passou dos 50 anos. É nessa faixa que a osteoporose costuma bater a porta. O cálcio é o principal nutriente para manter ossos fortes, mas também é fundamental para manter o coração batendo e a musculatura periférica trabalhando.

– Se o consumo de cálcio é baixo, os ossos são os primeiros a sofrer os danos, Por isso, depois dos 50 anos a soma da atividade física, a ingestão de cálcio pela dieta e 15 minutos de sol sem protetor solar são vitais para qualidade de vida – conta Sebastião Radominski, chefe da Reumatologia da Universidade Federal do Paraná e presidente da Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (ABRASSO).

Leia também:
Dia Mundial da Osteoporose alerta para perigo da doença entre homens

Exercício físico e tomar sol são essenciais para manter bons ossos

Exercício físico e tomar sol são essenciais para manter bons ossos

Uma pesquisa desenvolvida pela Pfizer Consumer Healthcare em parceria com a ABRASSO revelou que 71% das mulheres desconhecem que a perda de cálcio começa muito cedo, aos 35 anos. O IBGE revelou que 90% da população brasileira consome cálcio de forma inadequada. A professora do curso de Nutrição da Unisinos, Bruna Pontin, aponta que há combinações que interferem na absorção de cálcio.

– O ferro pode anular a forma como o corpo recebe o nutriente. Por isso, bife com molho branco, café com leite e leite com achocolatado não são combinações recomendadas – disse. Nosso corpo se constrói e reconstrói, mas depois dos 50 anos a matemática começa a ficar negativa. Essa conta pode ser equilibrada se o consumo de cálcio for de 1200ml/dia. Isso significa que um copo de leite, um iogurte e duas fatias de queijo dão conta da demanda.

– Apenas quem realmente tem intolerância ao leite e seus derivados deve optar pela suplementação – destaca Radominski.

Embora folhas verdes mais escuras, salmão, sardinha, linhaça e amêndoas sejam fontes recomendadas, a disponibilidade de cálcio nos derivados do leite é ainda maior. Enquanto 100g de espinafre possui 100ml de cálcio, um copo de leite pode ter mais de 300ml do nutriente. Clique aqui para ler mais.

Compartilhe!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.