Ela abriu o próprio salão em Nova York apostando no nome Brasil

O sucesso é tanto que Maria Hosana já pensa em abrir um outro salão de beleza em Miami

O sucesso é tanto que Maria Hosana já pensa em abrir um outro salão de beleza em Miami

Danielle Villela e Thiago Mattos, O Estado de S.Paulo –

A palavra em inglês “brazilian” soa como chamariz quando associada à estética em Nova York. Foi surfando nesta onda que há nove anos a cabeleireira e esteticista Maria Hosana da Silva abriu um salão de beleza em Astoria, uma das partes com o maior número de imigrantes brasileiros no Queens. Batizado de Rosana’s Brazilian Beauty Salon, o lugar é um pedaço deste Brasil que canta e é feliz, e que no inconsciente coletivo internacional vende como água.

Ao entrar no salão, bandeiras com as cores verde e amarela atestam a brasilidade do local. Lá dentro, a maioria dos atendentes fala português. Rosana, como é mais conhecida, trabalhou em outros dois salões quando chegou em Nova York, em 1999, antes de se tornar empreendedora. Quando um dos estabelecimentos foi vendido, a esteticista passou a atender clientes em sua própria casa, divulgando seu nome.

Com o boca a boca ajudando no crescimento do negócio, Rosana apostou no que diz ser uma das melhores características tupiniquins: a originalidade. “Nós brasileiros somos muito criativos e isso faz muita diferença. Foram os próprios clientes que me incentivaram a abrir o salão porque não tinha [em Nova York] um serviço com essa qualidade”, diz.

Veja a entrevista de Maria Hosana:

Em seu salão, oferece o que chama de “full service” (serviço completo, em inglês): manicure, pedicure, corte de cabelo, hidratação, luzes, maquiagem e outros tratamentos estéticos que ostentam forte apelo em Nova York, como a famosa “brazilian wax”, nome dado à depilação total dos pelos pubianos. “É um espaço de beleza completo. Estamos antenados a tudo de novo que acontece no Brasil”, afirma Rosana. Clique aqui para ler mais.

Compartilhe!

3 comentários

  1. Mais brasileiros dando certo no exterior, sempre me alegro com a notícia. Quanto á matéria, um esclarecimento: o Brazilian wax, não tira todos os pelinhos púbicos. Deixa uma faixinha. Moda é moda, né? rs

  2. Olá!
    Tenho enterese de trabalhar com depilação EUA
    sou esteticista e estou a procura de uma oportunidade de emprego EUA.
    Gostaria se possível do contado desse salão! da reportagem acima!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.