Mais do que rugas, me preocupo com a minha cabeça

Marieta Severo completa 60 anos neste domingo, dois de novembro

Marieta Severo completa 68 anos neste domingo, dois de novembro

Sempre gosto de ler as entrevistas de Marieta Severo, porque a considero um exemplo em todos os sentidos: boa atriz, sensata, discreta, empreendedora e tantos outros atributos. Hoje, domingo, ela está completando 68 anos. Parece mais jovem. Encontrei-a dia desses caminhando pelo Leblon. Fiquei surpresa. Nesta entrevista de Denise Meira do Amaral para o site Glamurama, Marieta fala um pouco de tudo: da velhice à violência na campanha eleitoral.

Leia:

No ar por 14 anos como a amável Dona Nenê, de “A Grande Família”, seu “personagem número um em absoluto”, como ela mesma o define, e nos palcos há quase 50, Marieta Severo é referência na nossa dramaturgia. A atriz, que completa 68 anos neste domingo, revelou, nesta entrevista, que a única coisa que a preocupa no processo de envelhecimento é a deficiência física. “Claro que as rugas me preocupam. Mas me preocupo mais com a minha cabeça, com meus neurônios e com meu estômago”.

Marieta, que já foi casada com Chico Buarque, por 33 anos, é hoje muito feliz ocupando a posição de namorada do diretor teatral Aderbal Freire Filho, com quem está desde 2004: “O amor também se torna muito mais sábio”, analisa. A atriz elegeu ainda seus personagens mais marcantes, falou sobre a violência dessas eleições e declarou sua paixão pelo teatro: “O teatro é o meu celeiro. É onde eu me revigoro, onde eu tenho o meu tamanho. O resto é o tamanho que me colocam”. Marieta está atualmente em cartaz com a desconcertante peça “Incêndios”, em São Paulo.

Após casamento de 33 com Chico Buarque, um novo parceiro: Aderbal Freire Filho

Depois de Chico, novo parceiro: Aderbal Freire Filho

Glamurama – Como você lida com o amadurecimento? Como tem sido esse processo?

Marieta Severo – Você ganha muito com o amadurecimento. A idade te dá um olhar mais humano, mais generoso, ela vai apurando seu olhar para o outro. Tem também uma coisa muito legal que é aprender a dizer não sem culpas. Eu não sabia. Hoje eu me esqueço com uma honestidade muito profunda. Você vai ficando seletiva com a sua companhia, com as coisas que você quer, com o que te faz bem. Você para de cumprir tanto.

Glamurama – E a parte ruim?

Marieta Severo – O limite físico. Isso é uma chatice. Sempre fui uma pessoa com muita energia, mais que o normal. Não consigo mais fazer as 500 coisas que eu fazia antes. Minhas filhas sempre me dizem: ‘mas mamãe, ninguém faz 5oo coisas. A gente não aguenta fazer 500 coisas’. Agora eu não consigo. Preciso descansar, ficar mais quieta. A decadência física é muito chata. Não é a ruga no rosto que me incomoda. É você não poder mais tomar um vinho, comer um filé com molho e batata frita à meia noite impunemente. Essa limitação é na verdade uma sabedoria da natureza. Porque é pra você ir se despedindo da vida. É a morte te provando que você já viveu e está te preparando. É uma sabedoria muito chata (risos). Não gosto. Isso me preocupa mais que as rugas. Claro que as rugas também me preocupam. Mas me preocupo mais com a minha cabeça, com meus neurônios e com meu estômago.

Glamurama – E o amor? Como ele é nessa fase? Ele também muda?

Marieta Severo – O amor também se torna muito mais sábio. Você ter um amor na maturidade é um presente muito grande da vida. Eu não sou casada [com o Aderbal Freire Filho], somos namorados. Cada um tem a sua casa. Cada um com as suas manias no seu canto. Tenho uma família muito grande, então é bom esse espaço que ele me dá. Mas também acho que o casamento é muito bom. Tive cada coisa no tempo certo. Gosto também de compartilhar. Casamento é muito saboroso, e é o melhor jeito para se criar os filhos. Sou a favor das duas coisas. Sou a favor de qualquer forma de amor, tudo vale a pena.O maior compromisso que temos com a vida é buscar a felicidade. Clique aqui para ler mais.

0 Compart.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.