Nova biografia: Elis Regina – Nada Será Como Antes

A cantora faria 70 anos de idade na próxima terça-feira, dia 17 de março

A cantora faria 70 anos de idade na próxima terça-feira, dia 17 de março

Maya Santana

Na próxima terça-feira, dia 17, Elis Regina, a maior cantora que o Brasil conheceu, completaria 70 anos de idade. Para homenageá-la, na mesma data, será lançada em São Paulo “Elis Regina – Nada Será Como Antes”, obra escrita depois de quatro anos de pesquisa do jornalista, do Estadão, Júlio Maria.

O livro conta muitos detalhes inéditos da vida da gaúcha explosiva, começando a história de Elis pela juventude em Porto Alegre, até o final, inesperado e trágico em São Paulo, onde morava, aos 36 anos, vítima de uma overdose de drogas e bebida.

O lançamento é na terça

O lançamento será no dia do aniversário de Elis

O que dá um toque mais interessante a esta biografia é que o autor não tinha 10 anos quando a cantora morreu. Com isso, conseguiu escrever um livro diferente. “Não vivi a era de Elis. Quando ela faleceu, em 19 de janeiro de 1982, eu tinha nove anos de idade, e diante dessa personagem gigante, fui o que sou há 16 anos: repórter. Me joguei com o respeito que a história merecia, mas sem nenhuma tese a defender. Creio que o olhar descontaminado de paixões ou ódios ajude a traçar um perfil mais humano e menos divino”, disse Julio Maria ao Uol.

Para embasar seu trabalho e chegar o mais próximo possível da sua biografada, Júlio Maria ouviu 125 pessoas, entre eles, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Ronnie Von, Jair Rodrigues, Dona Ercy (mãe de Elis), Toquinho, Rita Lee, Nelson Motta, entre tantos outros, além de parentes e amigos. O jornalista também teve acesso à documentos como o inquérito policial da morte de Elis e relata a cena nos mínimos detalhes.

[tribulant_slideshow gallery_id=”41″] Imagens da cantora que partiu tão cedo e não deixou substituta à altura

Em São Paulo, o lançamento será na Livraria Cultura do Conjunto Nacional. Já no Rio, será dia 23 de março, no Beco das Garrafas, onde Elis fez suas primeiras apresentações na cidade.

Veja a última entrevista de Elis Regina, concedida ao programa Jogo da Verdade, da TV Cultura, no dia 5 de janeiro de 1982, duas semanas antes de morrer. Elis estava inquieta, profundamente lúcida e mais do que nunca mordaz:

Compartilhe!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.