O Espírito Carioca, texto de Rosiska Darcy


Cidade ganhou o título de Paisagem Cultural da Humanidade este ano

Rosiska Darcy

Diante do céu límpido que mergulhava no mar insolentemente azul, moldura de um Pão de Açúcar também azulado, no mágico fim de tarde de inverno, pensei: nada mais justo do que eleger essa cidade patrimônio da humanidade. Quem já correu mundo sabe que não é em qualquer esquina que se encontra uma paisagem assim, menos ainda abrigando uma sociedade multicolorida como a nossa. Desde sempre o Rio foi e é o patrimônio de qualquer carioca. Que seja agora de toda a humanidade aumenta nossa autoestima e também nos põe em brios para melhor cuidar do que é nosso.

Escaldado pelas múltiplas e milionárias despoluições da Baía de Guanabara, anunciadas e jamais acontecidas, o povo do Rio quer ver para crer. Os pessimistas se perguntam qual será o legado dos grandes eventos, Copa e Olimpíadas. Haverá algum ou seremos, de novo, enganados? E pensam, certamente, em um legado de cimento, traduzido em grandes obras a cargo das autoridades.

O Jardim Botânico, criado por Dom João VI, é um dos belos recantos do Rio

Um outro legado se impõe, impalpável, obra imaterial a ser construída, se assim quisermos e disso formos capazes. Um legado, inscrito em cada um e incorporado ao nosso cotidiano, do qual estaremos, paradoxalmente, usufruindo bem antes das Olimpíadas. Que não depende apenas do governo e suas empreiteiras, mas sobretudo do empenho da população. O Rio está convidando o mundo todo para uma festa em nossa cidade.Há que arrumar a casa, e os donos da casa somos nós.

Trata-se de preencher esse espaço — obra da natureza — que o Rio é, com a arte de uma cultura digna da beleza que nos abraça: relações afinadas entre seus habitantes que teçam uma sociedade convivial e transformem um cenário em um lugar insubstituível para vivermos, sem discriminações ou preconceitos .

São as pessoas, não os decretos ou o planejamento dos gabinetes, que com seus gestos e interações emprestam sua alma aos lugares. É a soma de uma miríade de micromotivações que configura um modo original de organizar o tecido urbano que dá a cada cidade seu charme e identidade. Leia mais em www.riocomovamos.org.br

0 Compart.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.