Morre aos 94 anos o precursor da ioga no Brasil

O professor nonagenário morreu no Rio de Janeiro

O professor Hermógenes morreu no Rio de Janeiro, aos 94 anos

Um registro da morte, ocorrida na sexta-feira, do precursor da ioga no Brasil. O artigo é de O Globo.

Leia:

Morreu no Rio de Janeiro, aos 94 anos, José Hermógenes de Andrade Filho, conhecido como professor Hermógenes, um dos principais divulgadores da ioga no Brasil.
Hermógenes escreveu mais de 30 livros sobre ioga e bem-estar, traduzidos em diversos idiomas. A causa da morte não foi divulgada. Como informou o RJTV, segundo a família, Hermógenes sofria do Mal de Parkinson há alguns anos.

Segundo a Agência Brasil, na década de 60, após um diagnóstico de tuberculose avançada aos 35 anos de idade, Hermógenes descobriu os benefícios da ioga para a saúde física e mental e daí em diante nunca mais parou de trabalhar na sua divulgação, chegando a realizar doutorado em Yogaterapia pelo World Development Parliament da Índia e a conquistar o título de Doutor Honoris Causa pela Open University for Complementary Medicine.

Hermógenes escreveu mais de 30 livros sobre ioga e bem-estar, traduzidos em diversas idiomas, dentre os quais se destacam Autoperfeição com Hatha Yoga e Yoga para Nervosos.

Em 1988, ele foi escolhido o Cidadão da Paz do Rio de Janeiro em 2000 recebeu a Medalha Tiradente, conferida pela Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, pelos benefícios à saúde que suas obras, imbuídas de seu espírito amoroso e sua visão espirtitual sincretista, trouxeram para os brasileiros.

Compartilhe!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.