Uma vez por ano, vá a um lugar onde nunca esteve – Dalai Lama

É cada vez maior o número de pessoas com mais de 50 anos  que viajam sozinhas

É cada vez maior o número de pessoas com mais de 50 anos que viajam, acompanhadas ou sozinhas

Achei muito bom este artigo de Fernanda Souza, blog senhorasesenhores.com.br, sobre o bem que faz viajar, sair por aí, levando apenas a bagagem e muita disposição, deixando para trás os problemas e agonias do dia-a-dia. E não precisa ser viagem para o exterior, nem mesmo para fora do estado. Há sempre lugares maravilhosos perto de onde a gente está, que valem a pena visitar. Eu sou uma viajante. Amo viajar. Para qualquer lugar.

Leia:

Viajar, é mais que sair do lugar, pegar um meio de transporte, arrumar malas ou fazer city tour.

Viajar é sonhar, imaginar, vivenciar culturas e estilos de vida diferentes do nosso. É sair da zona de conforto e se aventurar.

Ultimamente tenho pensando muito sobre viagens para pessoas acima dos 50 anos. Como achar um destino que satisfaça esse público; fico pensando se eu iria, como eu me comportaria, se seria agradável. Comecei a pesquisar sobre isso e cheguei à conclusão que não existe um destino direcionado para uma faixa etária especifica. Claro que algumas atividades ou passeios são mais propícios para pessoas com determinados perfis, mas nada é impossível.

Li reportagens de pessoas próximas dos 60 anos que só viajam sozinhas; outras que gostam de grandes aventuras sem saber ao certo aonde estão indo; outras já preferem tudo minuciosamente organizado com antecedência e há as que gostam de grupos, excursões, e de estar sempre acompanhado por algum guia ou acompanhante.

Tudo que planejamos com antecedência pode se tornar algo mais prazeroso, não ter tanto contratempo de última hora, não perder tempo negociando um serviço local, ou procurando uma pousada, e assim estar indo realmente para curtir uma viagem. Mas nada impede que você possa, uma vez ou outra se aventurar um pouco. Não programar todos os dias de sua viagem, deixar que as oportunidades apareçam, e elas podem ser gratas surpresas.

Para os que preferem comodidade, a organização prévia é o lema. Assim tudo já estará programado e esperando a sua chegada.

Mas, o mais importante em uma viagem é estar aberto a novas experiências, coração aberto, sorriso no rosto e gostinho de curiosidade, já dizia uma de minhas músicas preferidas “Tudo é questão de manter: a mente esperta, a espinha ereta e o coração tranquilo..”. Viajar pensando nos problemas que deixou em casa, ou não se abrir ao novo, realmente faz com que sua viagem fique restrita.

É uma delícia sair andando por uma cidade que a gente não conhece, sentar a qualquer hora em um café, conversar com os moradores, perceber na simplicidade do dia a dia, a cultura local. Eu sou uma viajante assim, gosto de curtir feiras livres, cafés, supermercados dos destinos que vou conhecer. É claro que temos também que guardar tempo e disposição para conhecer os pontos turísticos, desvendar a história da cidade, mas as pequenas descobertas são as mais prazerosas.

Outra dica, é a leitura antecipada sobre o local a ser visitado, principalmente se você tiver poucos dias de viagem, assim você já tem uma visão do que gostaria ou não de conhecer, os blogs de viagens são uma boa opção pois são relatos reais de viajantes com dicas preciosas que ajudam a não cair em ciladas. E, apesar de todas as mil novas tecnologias disponíveis no mercado, o velho e bom mapa da cidade é um item indispensável. Por fim, desejo a vocês, queridos Senhoras & Senhores leitores, que vocês viajem cada vez mais, pois como diz o poeta Mario Quintana “Viajar é trocar a roupa da alma”.

Compartilhe!

31 comentários

  1. Gostaria de estar em contato com vcs. Obrigada.

  2. Eu adoraria está conversando com vcs,pra saber mais sobre viagens ainda mais com pessoas que sabem viver a vida.

  3. adorei o artigo

  4. Gostei muito da jovialidade de espírito e independência. Vamos viver a Vida de forma saudável, prazerosa, construtiva e amistosa.

  5. Adoro viajar e me misturar ao dia a dia das pessoas que moram nas cidades onde estou. Frequento os cafés, o transporte público os mercados… “Viajar é – realmente – trocar a roupa da alma… 🙂

  6. Amei a mensagem sobre viajar , tudo de bom

  7. Amo viajar. Estou aposentada desde 2013. Minha maior aventura é ter ido a Orlando sem saber falar inglês direito e tb não sabia dirigir carro automático. Fiz tudo sozinha, aprendi a dirigir pelo youtube e levei um GPS já com o endereço de todos os lugares q queria ir. Foi uma aventura ! Mas muito prazeroso. Me senti livre, capaz de ultrapassar desafios, foi emocionante. A partir daí criei asas.

  8. Gostaria muito de estar em contato com pessoas que viajam, em grupo. Sou sozinha, tenho 60 anos, e não gosto mais de ir a nenhum lugar sem companhia.
    abraços,

    • Parabéns. Já fiz belas viagens, mas acompanhada sempre. Fiquei viúva e tudo mudou na minha vida. Estou reaprendendo a viver sem meu companheiro. Mas, viajar lava a alma da gente. E pretendo fazer belas viagens. Caso não encontre companhia preciso fazer como você viajar mesmo sozinha. Criar asas com certeza.

      • oi Izza, to numa situação parecida.nõa fiquei viuva, mas me separei e tb alguns lutos.mas viajar sempre foi a forma de estar viva. que bom encontrar este site .vamos nos conectar!!

    • Vãnia poderemos manter contato. Também preciso me envolver num grupo de pessoas que gostem de viajar. Ainda tenho resistência a sair viajando só. Mas já fiz algumas belas viagens para o exterior. Falo um pouco Inglês, francês e Espanhol. Manteremos contato.

    • Oi vania, meu nome é mariza, moro no Rio e hoje fiquei sabendo deste site, amei. Como vc, ñ gosto de viajar ou fazer pequenos passeios sozinha. É bom ter com quem trocar idéias. Ñ sei ainda como entrar em contato, mas podemos ver isto aqui no próprio site. Abraços….

  9. Gosto de viajar .com familiares , amigos ..sair do meu espaço .e ter saudades para voltar.

  10. Elisabeth Charlotte Willner

    Gostei do artigo e ando com vontade de fazer algo novo. Já viajei bastante, mas atualmente ando preguiçosa e sem ânimo para tomar iniciativas. Sempre digo que só pego ” no tranco”. Tenho 74 anos, mas plenamente saudavel e independente. Estou precísando de um empurrão para ativar minha vida.

  11. Acho o artigo muito oportuno.
    Não vejo grandes ofertas para maiores e algumas me parecem mal elaboradas e caras.
    Gostaria de participar de grupos que se reúnam para encontros e viagens.

    • Rosa Vitória – Podemos fazer um grupo para isso. Concordo também que os pacotes existentes só para terceira idade são muito caros.

    • Oi Rosa, boa tarde, eu moro no Rio, É muito bom encontrar pessoas com os mesmos interesses. Só hoje conheci este site, achei maravilhoso. Quem sabe podemos formar um grupo, iicialmente sem grandes pretensões de viagens, talvez, para um chá na Confeitaria Colombo, uma peça de teatro…
      A ida, respondeu tb, veja, bom né! Abraços

  12. Adorei o artigo. Como não arrumei companhia para as próximas férias, resolvi viajar sozinha. Tenho certeza que será muito bom. Posso contar como foi quando voltar.

  13. Boa tarde! Mto interessante a matéria. Tenho 50 anos, separada e não viajo também por não ter companhia. Moro em Belém. Sempre q entro de férias fico em casa… Seria ótimo se conseguíssemos organizar um grupo para planejarmos alguns passeios. Abraços.

  14. nossa amei descobrir este site.quero me conectar a outras pessoas que pensam como eu. o fato de estar com 55 anos não faz com que perca minha essencia. Acabo viajando, mas na maioria sozinha.as vezes a solidão pesa.Trabalho na area da cultura e educação e há 05 anos desempregada , so fazendo frelas..o que tb as vezes me impede de viajar e viver de acordo com valores que acredito.Vou amar botar o pee na estrada com pessoas, ou trabalhar ..

  15. Faco isso todos os anos. Me programo, escolho um destini e vou, só ou acompanahada.

  16. Rosilane Vieira Braga Serrano

    Amei essa postagem !!!

  17. Adorei conhecer esse espaço para nós, meio idosas…rs. Adoro viajar, nos faz um bem enorme… moro em SPaulo e vou ficar muito feliz se puder fazer amizades nesse grupo…sou viúva, 71 anos, mas ainda trabalho, fundei uma instituição que cuida de crianças muito carentes, há 20 anos…quando estou muito cansada, procuro viajar, mesmo aqui por perto…abraços!

  18. sônia maria de m rocco

    Sônia Maria de Melo Rocco
    07 de fevereiro de 2017 em 23:24

    Gostei muito desse site gostaria de fazer amizades tenho 63 anos e gosto muito de viajar! Abraços!

  19. Fernanda Guimarães Marques de Souza

    Ola meninas, depois de alguns anos que escrevi este texto, resolvi voltar aqui para ver se ainda haviam ” comentários”. fiquei supresamente feliz em perceber que que alguma forma mexeu com a zona de conforto de alguns.
    Entendo que é dificil realmente muitas vezes tomar a decisão de viajar sozinho, mas por aqui acho ser um otimo canal para que as pessoas se conectem e formem grupos de amigos e viagens. Deixo aqui meu contato, quem sabe consigamos montar um grupo e organizar uma viagem … Estou pensando em organizar uma viagem em grupo. quem tiver interesse por favor entre em contato. Este é o começo de um projeto
    Bjs em todos e querendo dicas e informações estou a disposição
    Fernanda souza
    (11) 974548517
    mafecrep@uol.com.br

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.