Velhice: a última sacanagem do Criador contra nós

Ser velha não é crime. É apenas constrangedor

Ser velha não é crime. É apenas constrangedor

É difícil encontrar bons textos cômicos, engraçados, sobre a velhice. Por isso, palmas para o bom humor e a perspicácia de Ivone Boechat, autora desses conselhos para quem quer, mas principalmente para quem não quer, enfrentar de frente o próprio envelhecimento. Algumas de suas dicas: “Aceite a velhice, recuse metáforas: ‘Terceira idade’, ‘melhor idade’ é a p*#@* q*#@ *#riu!!!. Viva a sua vida, não a dos seus filhos, netos e/ou marido. Coma menos, beba menos e fale menos. Velhas magras, sóbrias e contemplativas são menos doentes e chatas. Ser velha não é crime, é apenas constrangedor e a última sacanagem que o Criador comete contra nós.:” Muito bom.

Leia:

“Peço a compreensão das amigas politicamente corretas e a contribuição das cínicas inveteradas, como eu. Desculpem, gostaria de ser uma ‘doce sessentona’ convencida de que a velhice é um estado de espírito mas a vida me prova o contrário. Além do mais, se quiserem ler crônicas otimistas, Martha Medeiros e Lya Luft estão aí prá isso. Meu negócio é rir!!

Para não ficar uma velha ‘sem noção’, é fruto do meu profundo interesse olhar pela velhice e pelo bem estar da sociedade. (Eu podia ter organizado os lembretes por ‘família, trabalho, lazer, higiene e saúde’ mas decidi já ir me acostumando com o estado de confusão mental provável e deixar a tarefa de me fazer entender para os mais jovens).

Acho bom ler e levar a sério, principalmente as coisas que parecem mais desagradáveis. Como estou ficando velha, é capaz de receber e-mail com este texto, dizendo que foi escrito por Luis Fernando Verissimo e nem lembrar que fui eu que escrevi:

1. Aceite a velhice, recuse metáforas. ‘Terceira idade’, ‘melhor idade’ é a p*#@* q*#@ *#riu!!!. Ser velha não é crime, é apenas constrangedor e a última sacanagem que o Criador comete contra nós.

2. Viva com inteligência o tempo de vida útil que lhe resta. Viva a sua vida, não a dos seus filhos, netos e/ou marido (se é que ainda há algo que possa ser chamado disso). Tenha seus próprios interesses e projetos. Ainda se tem direito aos sonhos. Aliás, em breve teremos direito só aos sonhos.

3. Coma menos, beba menos e fale menos. Velhas magras, sóbrias e contemplativas são menos doentes e chatas.

4. Poupe seus familiares e amigos (para aquelas que ainda tem alguns) de conversas sobre o passado, doenças e dinheiro. Estes assuntos devem ser tratados, só e somente só, com seu psicoterapeuta. Em caso de emergência, a exceção é aquela sua amiga que já teve dois AVC’s e não tem condições de reagir.

5. Não aborreça ninguém com os relatórios das suas viagens. As viagens de velhas são interessantes só pra elas mesmas. Aprenda a ser concisa, comente apenas o destino e a duração da viagem. Se por algum milagre, alguém perguntar mais alguma coisa, procure responder com monossílabos. Clique aqui para ler mais.

Compartilhe!

39 comentários

  1. Sandra Luiza Franchiose

    A difícil arte de envelhecer.

  2. concordo plenamente….

  3. Não aborreça ninguém com os relatórios das suas viagens. As viagens de velhas são interessantes só pra elas mesmas. Aprenda a ser concisa, comente apenas o destino e a duração da viagem. Se por algum milagre, alguém perguntar mais alguma coisa, procure responder com monossílabos. Clique aqui para ler mais.

  4. Por melhor que seja estar velho, para mim não existe nada de melhor! Velho é velho e pronto. A partir daí, desta conscientização, acho que vivemos melhor.

  5. PERFEITO!!!

  6. Amei e aprendi algumas coisas que me escaparam no decorrer da vida.

  7. Vou lhe dizer sessentona que eu setentona quero o resto do tempo que tenho para viver com muita gana de aprender, de saber o tudo que não sei. Quero principalmente viver comigo sem incomodar, quero ser cada dia mais amiga minha, tenho pressa, pois o meu tesouro está a se acabar. Sou avarenta com meu tempo, não quero gastá-lo àtoa. Vivo sempre me despedindo e devorando o que não vou mais ver.

  8. Em resumo: transforme-se em um poste lindinho?

  9. Engraçado…, muito bom!

  10. Adorei,é tudo uma grande verdade

  11. Muito bom. Gostei.

  12. Maria José do Carmo Mámori

    Assim quero viver minha vida …

  13. Então se a gente se preocupar menos com a velhice e suas consequências e efeitos colaterais e vivermos cada dia de cada vez, procurando sempre o motivo para a vida em busca de momentos felizes em pequenas ações , passaremos décadas e décadas sem percebermos, envelhecer, não é sofrer e sim agradecer os momentos de possíveis relances do sopro da vida como se fosse uma brisa do mar em nossos cabelos esvoaçantes!!!!

  14. Jurema gomes coelho

    Achei mais fácil envelhecer,do que passar pela puberdade.Me amo mais,me aceito como realmente sou,estou aprendendo a pensar em mim,a novamente ter amigas…..vou formar uma gang de velhas…não quero nem saber….vou tentar passar bem e feliz,o tempo que me resta..O mundo que se exploda…já me preocupei muito com ele.Quem tiver mais tempo que se preocupe.Beijos querida…juju

  15. adorei o texto,!

  16. Excelente! Melhor idade para quem? Para os donos de laboratórios e farmácias. Ganha-se experiência, mas para que? O negócio é procurar viver sem pensar no que poderia ter sido, no que será. Viver e pronto, tentando aproveitar prá fazer o que se gosta. Quem pode viajar que viaje, quem gosta de dançar que dance, quem gosta de namorar que namore. Ganhamos o direito de não ter que dar satisfações a ninguem. Enquanto vivermos, vivamos!

  17. Tento nao ser assim chata mas como disseste eles nao suportam mae velha e chata…..

  18. lusinete brandão cavalcanti

    Maravilhoso texto. Gostaria de recebê-los, por favor. Obrigada

  19. Amei o texto.mas gostaria de ler o texto depois dos 65 anos. tenho 75 anos e amo curtir a vida.

  20. Depois de seguir todos esses “sábios ” conselhos, pede pra sair, ou se mata… , sei lá , o fato é que tu vai achar que não presta mais para nada… Mas pode ter certeza de uma coisa: há leituras sim, muito mais animadoras e realistas .Vamos de Lya Luft e Martha Medeiros, pois há muitos motivos através delas de enxergarmos um horizonte menos degradante como o da autora desse texto.

  21. É uma fato!
    Envelhecer não é nada fácil.
    Enfim, não reclamem “meninas”, para não entrar nas estatísticas das chatas.

  22. Excelente texto. Concordo plenamente com a autora.

  23. Desculpe, mas não achei onde se encontra a graça deste texto. Achei bem escrito, é verdade, mas é um texto que, acredito, deixe a maioria das pessoas deprimidas. É como se envelhecer fosse o maior dos castigos da vida. Para mim é uma fase da vida, pela qual todos passamos , se não morrermos antes. Lendo, dá a impressão que a vida de uma pessoa com mais de sessenta e tantos anos não tem mais valor, é um nada que tem que se cuidar para não atrapalhar os outros, que tem que se desculpar por ainda estar viva. / Esperar pelo menos uns três convites para poder visitar um filho , isso foi demais e nem vou me dar ao trabalho de comentar. “Ter o máximo de cuidado com a higiene” , meus queridos , isso vale para qualquer idade, pois qualquer pessoa “fedida” (palavra usada pela autora) é difícil de aguentar. E como estes, outros tipos de “conselhos” foram dados, com pouca preocupação com os sentimentos e consideração que merecem pessoas que estão em uma fase de vida mais avançada e muitas vezes fragilizada. “Conselhos” assim eu dispenso. E se fosse obrigada a segui-los iria preferir me matar, pois eu me tornaria uma morta viva, coisa que não pretendo ser.

  24. Quando uma mulher é considerada velha, tenho 54, mas tenho uma aparência e mentalidade jovem detesto quando me chamam de senhora ou dona afff.

  25. texto perfeito e verdadeiro….com 60 anos é assim que vivo

  26. Adorei o texto….Sinto que quem escreveu tem coragem para expor, de maneira bem humorada, inteligente e consciente, coisas que algumas pessoas nem pensam em encarar de verdade…Envelhecer é bom, mas é ruim tambem.

  27. Deprimente… detestei essa materia.

  28. Bom dia e desculpe! Não vejo como “sacanagem” do Criador o fato de envelhecermos. É benção!!! Envelhecer também é vida e é preciso saber aceitar de bom grado e com entendimento que isto também é dádiva de Deus. Ele é quem nos dá a vida! No alto dos meus 52 anos já vislumbrando nova etapa de vida, desejo a todos tudo de melhor que puderem desfrutar ao lado de quem te ama. Beijos

  29. Concordo com a Mara T em todos os sentidos e digo mais:uma pessoa sde 50 anos hoje, pode estar muito bem se puder e quiser ser e o fato de querer já a torna uma mulher interessante e , muito diferente do que a autora descreveu!!é lamentável que em nossa sociedade em pleno século vinte e um, com o avanço tecnológico nos enriquecendo tanto, as pessoas ainda pensem assim! Desculpe a autora, mas quero andar sempre na contra mão de tudo que você escreveu e inclusive com 54 anos estou cursando uma faculdade, trabalho e tenho uma vida muito produtiva graças a Deus e a minha vontade de ser sempre assim!E VIVA AS MULHERES!!

  30. Discordo quanto a ser monossilábica. Quem pensa e sente, fala…. a propósito, acho q reconheço seu rosto na foto. Vc foi normalista?

    • Cláudia, é natural discordar de certos trechos da crônica, mas, no geral, ela é muito boa. Se sua pergunta é dirigida a mim, sou jornalista, mineira. Grande abraço pra você e nos brinde sempre com sua visita.

  31. Eu nao entendo pq voces escrevem tanto sobre velhice. Pq nao deixar a vida rolar e aproveitar todos os momentos sejam em qualquer idade. So o fato de so falarem nisto ja esta mostrando o quanto isto esta incomodando. Ja esta ficando chato ler a mesma coisa, uma apos a outra.

  32. Velhice é velhice, junto com ela as dores, doenças, limitações, chateações. Não vejo nada poético na velhice. É claro que agradeço a Deus.o dom da vida , fora isso a velhice é muito triste.

  33. Cecília Mara Pires Pereira

    Gostei quando fala para não viver a vida dos filhos e netos, muito bom! Meu enteado sempre quer fazer isso, mas não deixamos! Mas quanto a falar do passado, o idoso adora! Tem que ter paciência, tivemos com os nossos filhos! O melhor é não depender de ninguém!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.