VIDA DIGITAL: Informática para quem tem mais de 50

Não há idade limite para se aprender a lidar com a internet

Com a evolução tecnológica que estamos presenciando nestas duas ultimas décadas, podemos afirmar que a tecnologia veio para ficar e que independentemente das idades, esta encontra-se presente em todos os locais da nossa sociedade e marca presença em todos os lares e como tal não são os mais novos que se veem com confrontados com uma nova realidade mas sim os que vieram antes de nós e que nasceram num mundo em que o computador e outros gadgets vieram apenas mais tarde.

Uma coisa é certa, não há idade para se aprender! A tecnologia está aí a serviço de todos. As possibilidades da informática são imensas e podem facilitar a vida de todas as pessoas sem preconceitos quanto à idade, classe social ou género. Diante deste facto, cada vez mais se vê pessoas com mais idade procurar instruir-se e aprender a lidar com as oportunidades e facilidades que os computadores podem propiciar, num mundo em que a informática ocupa um lugar estridente na nossa forma de funcionar em comunidade nesta aldeia global informatizada.

No Brasil, número de internautas com mais de 50 só cresce

Existem inúmeras opções de cursos, prazos, tempos e modalidades. Há cursos específicos para pessoas com idade avançada, no qual o tempo de cada uma é respeitado, porém muitas pessoas com mais idade preferem buscar conhecimentos em cursos normais, sem delimitação de idade. A escolha fica por conta de cada um, porém é importante não parar no tempo e buscar outras formas de distração, trabalho e interação com o mundo.

A informática é a melhor opção atual para isso. Nela se pode comprar, conhecer novas pessoas, reencontrar antigos amigos, estudar, formar-se à distância eficar a conhecer locais e culturas distantes, entre inúmeras outras possibilidades. Quem não está a par dessa tecnologia, fica distante de um mundo de oportunidades e interação não apenas tecnológica mas também com todo um outro mundo. Leia mais em www.ruadireita.com

0 Compart.

Um comentário

  1. Maristela Oliveira

    Foi neste mundo q me conectei, e isso mudou muito minha vida…

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.