Lima Duarte, 90: “Eles promovem a devastação dos velhos”

Lima Duarte em sua homenagem Flávio Migliaccio, ator que se suicidou esta semana: ” Eu tenho 90 (anos), você com 85, quando eles promovem a devastação dos velhos, não podemos mais. Eu não tive a coragem, você teve. Mas me espere, meu amigo, eu vou logo”.

Num vídeo postado nesta quarta-feira(06) no Youtube, o ator Lima Duarte, de 90 anos, presta tocante homenagem ao ator Flávio Migliaccio, 85, encontrado morto em seu sítio, no Rio de Janeiro, na segunda-feira, 04 de maio. Flávio teria cometido suicídio. E deixou uma breve carta, na qual lamentava, entre outras questões, a maneira negligente como os velhos são tratados no Brasil.

Na sua mensagem, Lima Duarte relembra um depoimento que prestou durante a ditadura militar e afirma: “Por ter vivido esse momento, eu digo que te entendo. Eu te entendo, Migliaccio. Agora, quando sentimos o hálito putrefato de 64, o bafio terrível de 68, agora, 56 anos depois. Eu tenho 90 (anos), você com 85, quando eles promovem a devastação dos velhos, não podemos mais. Eu não tive a coragem, você teve. Mas me espere, meu amigo, eu vou logo”.

Emocionado, ele finaliza a sua mensagem com uma fala da peça Os Fuzis da Senhora Carrar, de Bertolt Brecht: “Os que lavam as mãos o fazem numa bacia de sangue”.

Veja:

Leia também: Novo coronavírus leva embora nosso grande Aldir Blanc

Compartilhe!

2 comentários

  1. Você Lima Duarte é um dos culpados e por um genocida na presidência do Brasil. Agora não adianta chorar, aguenta o tranco. Porque vem coisas mais ruins por aí

  2. Lamentável o que aconteceu, pois meus tios com 85 anos ainda estão na ativa trabalhando.
    O trabalho edifica o homem. ” já dizia meu avô “….. Não podemos parar nunca….!!!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.