Máscaras de todos os tipos para se proteger do novo coronavírus

Essa é uma máscara em formato de coador de café

O diretor-geral do Centro Chinês de Controle e Proteção de Doenças, George Gao, maior especialista em coronavírus da China, em entrevista à revista americana, afirma que “O grande erro nos EUA e da Europa é o fato de as pessoas não estarem usando máscaras“. No momento, na Áustria, já é obrigatório sair de máscara para sair às ruas, mesmo em idas rápidas ao supermercado. Na República Tcheca também, e a Alemanha segue pelo mesmo caminho. Na China e nos países asiáticos, isso é regra há tempos.

George Gao explica que o “vírus é transmitido por gotículas e pela proximidade das pessoas” e que as “gotas desempenham um papel muito importante, daí ser necessário usar uma máscara, porque quando as pessoas falam, há sempre gotículas a sair da boca. Como muitas pessoas têm infecções assintomáticas ou pré-sintomáticas, se usarem máscaras, podem impedir que gotículas que transportam o vírus saiam e infetem outras pessoas”.

Mas as máscaras, assim como as luvas e o álcool em gel 70%, foram os produtos de proteção que logo sumiram do mercado, assim que a epidemia do novo coronavírus foi se espalhando pelo mundo e os primeiros casos surgiram no Brasil.

Orientais usam máscara que parece ser bem eficaz

Entre esses produtos, o sumiço da máscara é o mais fácil de resolver. Há uma infinidade delas de diferentes materiais, tamanhos, modelos, graus de proteção e de conforto. E muitas dessas máscaras podem ser confeccionadas em casa.

As criações são da estilista Marine Serre e foram mostradas na Semana da Moda de Paris

Claro, tem as mais sofisticadas, aquelas de grife, como as produzidas pela Chanel para serem doadas. Várias outras marcas famosas estão fazendo o mesmo. É a forma que encontraram de ajudar na luta contra o vírus vindo da China.

Alguns tipos foram também apresentados pelas modelos durante a Semana da Moda de Paris, no final de fevereiro, quando a pandemia chegava à Europa.

Leia também: Novo Coronavírus: mais contagioso e letal do que o vírus da gripe

A grife francesa Chanel está fazendo máscaras como esta para serem doadas

Mas há também aquelas máscaras simples e bem baratas, que qualquer pessoa pode fazer. Um bom exemplo é essa de garrafa pet mostrada no vídeo. Pode parecer estranha, mas é uma das que oferecem maior proteção, porque você não precisa ficar ajeitando a máscara a todo momento. Veja:

Uma máscara parecida com a mostrada no vídeo, mas com a garrafa usada no sentido contrário:

É uma máscara estranha. Concordo. Mas é também, possivelmente, a que mais protege

Leia também: Rita Lee – Há oito anos estou enfurnada e há sempre coisa boa para fazer

Esta outra máscara não protege os olhos, mas é facílima de fazer e oferece boa proteção para o nariz e boca. Aprenda:

Veja outros tipos de máscaras:

Essa é bem prática e parece não ser difícil de fazer

Esta máscara é a mais fácil de fazer. Dê uma olhada:

Os óculos complementam a proteção oferecida pela máscara
Essas duas radicalizaram. São também da Semana da Moda de Paris
Qualquer máscara, desde que proteja, é válida, como essa: um saco plástico
Mais um modelo que protege muito bem o rosto, com exceção dos olhos
Essa lançou mão de um sutiã, que também vale, se proteger adequadamente
A máscara mais simples de todas é essa. Pode ser feita em casa
Prefiro modelos de máscaras maiores, pois dão mais proteção

Não deixe de ouvir a mensagem dessa jovem da República Tcheca, um dos países que conseguiram conter o avanço do novo coronavírus:

Compartilhe!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios. *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.